PUBLICIDADE
Esportes

Sequência favorável é trunfo após pior derrota da carreira de Jair

Jair Ventura sofreu sua pior derrota como técnico profissional desde 2016 no último domingo, nos 5 a 1 do Santos para o Grêmio, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Anteriormente, o maior revés foi num 5 a 2 do Botafogo para o Cruzeiro, na Copa do Brasil de 2016. E depois de ser dominado pelo [?]

07:45 | 07/05/2018

Jair Ventura sofreu sua pior derrota como técnico profissional desde 2016 no último domingo, nos 5 a 1 do Santos para o Grêmio, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Anteriormente, o maior revés foi num 5 a 2 do Botafogo para o Cruzeiro, na Copa do Brasil de 2016.

E depois de ser dominado pelo Tricolor no Sul, Jair tem, em teoria, boa sequência pela frente para se recuperar. O Peixe vai enfrentar o Luverdense, da Série C do Campeonato Brasileiro, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e o Paraná, lanterna da Série A. Ambos em casa.

A sequência do alvinegro é a seguinte: Luverdense, quinta-feira, 21h45, e Paraná, domingo, 19h, ambos na Vila Belmiro, e de novo o Luverdense pela volta das oitavas de final no dia 17, às 19h15, no Estádio Passo das Emas.

O Santos em 2018 tem sido instável e as boas atuações recentes foram em casa, com mudança de postura considerável longe dos domínios. Contra o Estudiantes-ARG, na Vila Belmiro, o Peixe teve amplo domínio e venceu por 2 a 0. Como visitante, perdeu para o Nacional por 1 a 0 e 5 a 1 diante do Grêmio.

Mesmo depois da goleada em Porto Alegre, o técnico Jair Ventura não corre o risco de ser demitido. O presidente José Carlos Peres diz que há ?nenhuma possibilidade?. O Comitê de Gestão se reunirá na noite desta segunda-feira, na Vila Belmiro, para discutir formas de melhorar o elenco e espantar a má fase.

Gazeta Esportiva

TAGS