PUBLICIDADE
Esportes

Sem Caju, Santos apostará na base por reserva para Dodô

Depois de aceitar a proposta do Apoel-CHI pelo empréstimo de Caju, o Santos, a princípio, apostará nas categorias de base por um reserva para Dodô na lateral esquerda. As opções do Peixe são Rhuan e Emerson Barbosa, da equipe sub-20, e Sillas, do sub-23. A tendência é que eles sejam testados pelo técnico Jair Ventura [?]

06:15 | 19/05/2018

Depois de aceitar a proposta do Apoel-CHI pelo empréstimo de Caju, o Santos, a princípio, apostará nas categorias de base por um reserva para Dodô na lateral esquerda.

As opções do Peixe são Rhuan e Emerson Barbosa, da equipe sub-20, e Sillas, do sub-23. A tendência é que eles sejam testados pelo técnico Jair Ventura junto ao elenco profissional nas próximas semanas.

Rhuan é uma das grandes apostas do alvinegro na base. Ele, aos 17 anos, foi titular na Copa São Paulo de Futebol Júnior em janeiro. Emerson, seu reserva, tem um jogo como profissional, diante do Avaí, no Campeonato Brasileiro de 2017, e foi ao banco de reservas contra o São Bento no Paulistão nesta temporada. Sillas fez alguns treinamentos com o grupo principal sob o comando de Dorival Júnior e Levir Culpi.

Além dos garotos, o Santos tem Jean Mota e Copete como opções. O meia e o atacante, respectivamente, já foram testados na ala por Jair e não comprometeram. A ideia principal, porém, é encontrar uma solução entre os Meninos da Vila.

Caju, sem espaço depois da chegada de Dodô, foi cedido ao Apoel em empréstimo de uma temporada. Os salários serão pagos de forma integral pelo clube do Chipre. O valor de compra fixado em contrato é de 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 6,6 milhões).

Gazeta Esportiva

TAGS