PUBLICIDADE
Esportes

?Escudo? no Santos, Dodô não vê crise, fala em dignidade e admite vergonha

Dodô virou uma espécie de escudo no Santos. Bem quisto pela torcida e com facilidade nos microfones, o lateral-esquerdo foi novamente escolhido para conversar com a imprensa, depois de uma derrota, na manhã desta terça-feira, no CT Rei Pelé. O ala foi para a coletiva com o técnico Jair Ventura após o revés diante do [?]

09:30 | 08/05/2018

Dodô virou uma espécie de escudo no Santos. Bem quisto pela torcida e com facilidade nos microfones, o lateral-esquerdo foi novamente escolhido para conversar com a imprensa, depois de uma derrota, na manhã desta terça-feira, no CT Rei Pelé.

O ala foi para a coletiva com o técnico Jair Ventura após o revés diante do Nacional, no Uruguai, há uma semana. E, agora, é quem tenta apaziguar os ânimos exaltados pela goleada sofrida por 5 a 1 para o Grêmio no último domingo, em Porto Alegre.

?Torcedor é passional. Não é momento de jogar tudo que a gente fez fora. Fizemos uma boa campanha na Libertadores, somos uma das poucas equipes já classificadas. No Brasileiro temos uma vitória em casa e duas derrotas fora. Não é uma crise, mas o último resultado nos deixa bastante chateados. Temos que olhar para frente com otimismo e acreditar no que o Jair está nos passando. Começamos a trabalhar ontem pensando na Copa do Brasil?, explicou Dodô.

?A gente fica envergonhado de sofrer uma goleada assim. Acho que nossa atuação não foi tão abaixo (para o placar). O Maicon foi muito feliz. Acabamos nos abrindo um pouco demais por querer buscar o resultado?, completou.

Como se não bastasse os cinco gols sofridos, o Santos ainda viu Vanderlei e Alison, pilares do time, discutirem feio em campo. Para Dodô, nada anormal.

?A discussão faz parte. Mostra que ninguém está satisfeito com o resultado, mostra que temos dignidade. Não é um descontrole, isso é se eles tivessem se agredido. É que hoje em dia tem muitas câmeras e é impossível de se esconder. É comum, mostra a vontade de vencer e de melhorar?, concluiu.

Após duas derrotas, o Santos tem a chance de iniciar a reabilitação contra o Luverdense nesta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Gazeta Esportiva

TAGS