PUBLICIDADE
Esportes

Santos trabalha para frustração no Brasileiro não atrapalhar na Libertadores

Não tem como o Santos ignorar o que aconteceu em Salvador na noite desse sábado. A derrota para o Bahia doeu. O time sofreu muito no primeiro tempo e acabou castigado com um gol aos 49 minutos da etapa final. Além disso, o alvinegro viu a série de três vitórias seguidas ir por água abaixo [?]

08:15 | 23/04/2018

Não tem como o Santos ignorar o que aconteceu em Salvador na noite desse sábado. A derrota para o Bahia doeu. O time sofreu muito no primeiro tempo e acabou castigado com um gol aos 49 minutos da etapa final. Além disso, o alvinegro viu a série de três vitórias seguidas ir por água abaixo e perdeu a chance de criar uma gordura que pudesse sustentar o clube no Campeonato Brasileiro mesmo com um jogo a menos, já que o duelo com o Vasco, válido pela terceira rodada, foi adiado para julho.

A questão é que a equipe não tem tempo para lamentações, afinal, já nessa terça-feira o time encara o Estudiantes pela quarta rodada da Copa Libertadores da América. Um novo trunfo diante dos argentinos encaminha a classificação do Peixe às oitavas de final.

O trabalho psicológico já começou assim que o juiz apitou o fim do jogo na Fonte Nova. Ainda em Salvador, o técnico Jair Ventura fez questão de mudar o foco e apontar a necessidade de superação que todos no clube precisam ter nesse momento.

?É pensar no Estudiantes, temos uma decisão para jogar. É uma competição em que somos os líderes da chave e contra o rival direto pela classificação. Aproveito a oportunidade para convocar a torcida e encher nosso estádio. Que possamos encaminhar nossa classificação?, ressalta o treinador.

Com seis pontos ganhos, o Santos é o líder do grupo 6, que tem Estudiantes e Real Garcilaso-PER com quatro pontos. O Nacional-URU soma apenas dois pontos. Na quinta rodada, ainda antes de retomar as atenções ao Campeonato Brasileiro, o Peixe visitará dia 1º de maio os uruguaios em Montevidéu.

Como já venceu o Estudiantes fora de casa na última rodada e os argentinos terão justamente o Real Garcilaso-PER como adversários na quinta rodada, o Santos confirma sua classificação de forma antecipada se vencer os dois próximos confrontos. No máximo enfrentaria os peruanos em casa, na última rodada, brigando apenas pela liderança da chave. Se conquistar quatro pontos nos dois próximos desafios, o Peixe também  tem chance de carimbar sua ida à fase seguinte, mas aí dependeria de outras combinações.

Jair Ventura poderá contar com o retorno do atacante Gabriel, que não marca gol há oito jogos, mas é a principal opção do treinador para a posição de centroavante. Bruno Henrique, vale lembrar, sequer ficará como opção no banco de reservas porque ainda cumpre suspensão na Libertadores e só poderá ficar à disposição a partir da sexta e última rodada da fase de grupos.

O confronto marca também o primeiro desafio do Peixe na Vila Belmiro pela competição continental. O presidente José Carlos Peres foi demovido da ideia de mandar todos os jogos da Libertadores no Pacaembu.

?É uma decisão. Nós vencemos na casa deles, agora eles vêm para tentar a vitória. Temos de ter o mesmo equilíbrio. É muito importante vencer em casa na Libertadores. Não vai adiantar vencer fora sem fazer o resultado em casa. Por isso eu conto muito com o apoio da torcida. Sei que a torcida vai estar magoada, mas tem de entender que esse é o nosso principal objetivo agora?, discursou Jair Ventura, na esperança de que a torcida santista tenha sensibilidade de entender o momento e ?esqueça? o revés em Salvador.

 

Gazeta Esportiva

TAGS