PUBLICIDADE
Esportes

Santos busca superar desafio para chegar a 100 mil sócios; veja números

Um dos grandes objetivos do presidente José Carlos Peres é fazer com que o Santos alcance 100 mil associados adimplentes. Para isso, o Peixe terá que dar um jeito de regularizar a situação de muitos sócios antigos. De acordo com informações obtidas pela Gazeta Esportiva no departamento social do alvinegro, o clube tinha, até às [?]

10:30 | 01/03/2018

Um dos grandes objetivos do presidente José Carlos Peres é fazer com que o Santos alcance 100 mil associados adimplentes. Para isso, o Peixe terá que dar um jeito de regularizar a situação de muitos sócios antigos.

De acordo com informações obtidas pela Gazeta Esportiva no departamento social do alvinegro, o clube tinha, até às 15h10 desta quarta-feira, 36.326 sócios em dia. E 66.445 endividados. Um total de 102.771.

E entre os 66.445 inadimplentes, 60.528 têm débitos há mais de seis meses. E a maioria deles são do início da década, cadastrados pela Omini, empresa que antecedeu a Redegol e a CSU. Essas regularizações são complexas pelo tempo da dívida e a mudança na instituição responsável.

Para aumentar o número de associados aptos, o Santos está incentivando a renegociação da dívida, em parcelamento de até 10x sem juros, com pagamentos mínimos de R$ 50 por mês. Em 2018, são 1.261 novos sócios até a tarde desta quarta. E mais de cinco mil regularizações entre os torcedores.

O objetivo inicial do Peixe é regularizar os cerca de seis mil associados inadimplentes e incentivar novos cadastros, com benefícios e experiências além do desconto em ingressos. Depois, uma estratégia será pensada para que os torcedores antigos possam voltar ao quadro social.

Gazeta Esportiva

TAGS