PUBLICIDADE
Esportes

Renato não atuou no clássico por opção técnica; Copete se preserva

Uma das novidades do Santos no empate em 1 a 1 com o Corinthians, no último domingo, foi a ausência do capitão Renato. Léo Cittadini foi seu substituto. Muitos entenderam que o camisa 8 foi preservado por causa da viagem para Cusco, no Peru, mas, segundo apurou a Gazeta Esportiva, o experiente jogador foi sacado [?]

08:15 | 07/03/2018

Uma das novidades do Santos no empate em 1 a 1 com o Corinthians, no último domingo, foi a ausência do capitão Renato. Léo Cittadini foi seu substituto. Muitos entenderam que o camisa 8 foi preservado por causa da viagem para Cusco, no Peru, mas, segundo apurou a Gazeta Esportiva, o experiente jogador foi sacado pelo técnico Jair Ventura por uma opção técnica.

Em 2018, Renato não repetiu as boas atuações das últimas temporadas. Na derrota por 2 a 0 para o Real Garcilaso, o ídolo da torcida santista foi um dos piores em campo e, mesmo que estivesse em boas condições físicas, seria opção no banco de reservas no clássico.

Como Alison vem de uma grande sequência de jogos e Jair vai preservar alguns titulares, Renato pode voltar a ser titular contra o Novorizontino nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Jorge Ismael de Biasi, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.

?Todos estão treinando bastante para quando ter essa oportunidade fazer o melhor e ajudar a equipe. A gente sempre fala que não são os 11 que ganha. Pode ganhar um jogo, mas quem vai ganhar o campeonato é o grupo. A força do grupo a gente sempre coloca em primeiro lugar. Todos estão preparados, independente de quem o Jair coloque para jogar, todos têm a sua importância e vem dando certo, quando um não joga outro entra e procura fazer o melhor para a equipe?, disse Renato, em entrevista à Rádio Santos.

Colombiano é alvo

Copete não foi relacionado para a partida diante do Novorizontino. O atacante estava na relação para a viagem, mas foi cortado de última hora. Gabriel Calabres entrou em seu lugar. O colombiano, alvo do Atlético-MG, pediu para não ficar à disposição de Jair e foi atendido.

O jogador de 30 anos foi destaque negativo contra o Corinthians e acabou substituído no intervalo. A torcida pegou no seu pé e ele parece ter perdido o espaço como titular.

Gazeta Esportiva

TAGS