PUBLICIDADE
Esportes

Negociação trava e Corinthians corre o risco de perder Zeca

Após quase anunciar o lateral esquerdo Zeca, em litígio com o Santos, nas suas redes sociais, o Corinthians corre o risco de perder a contratação do jogador. Um dia depois de o defensor ser tratado como um reforço bem próximo pelo diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, as negociações esfriaram no momento em [?]

17:45 | 14/03/2018

Após quase anunciar o lateral esquerdo Zeca, em litígio com o Santos, nas suas redes sociais, o Corinthians corre o risco de perder a contratação do jogador. Um dia depois de o defensor ser tratado como um reforço bem próximo pelo diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, as negociações esfriaram no momento em que o jogador estava prestes a assinar seu vínculo por quatro anos com o Alvinegro paulistano.

De acordo com um dirigente corintiano ouvido pela Gazeta Esportiva, os representantes do atleta recuaram na hora de se comprometerem a ressarcir o Timão em caso de derrota do jogador na audiência marcada para abril, primeira instância do processo que pede a rescisão unilateral do seu vínculo com o Santos por não pagamento do Fundo de Garantia entre 2014 e 2015. A condição era vista como essencial para o negócio.

O otimismo corintiano era tamanho que motivou a postagem nas redes sociais do clube, indicando uma ida de Zeca da Baixada Santista até a capital, mas não avançou com o passar do tempo. Receosa ao ver o recuo dos empresários, a diretoria prontamente esfriou as tratativas. Agora, espera uma posição final da OTB para dar continuidade ou não ao negócio.

Interessado no negócio, o Peixe chegou a provocar de volta o Timão também nas redes sociais, usando uma metáfora para relembrar da multa de R$ 50 milhões que o time do Parque São Jorge precisaria pagar caso o Santos vença na Justiça. Até o momento, os santistas vão levando vantagem nas provocações.

Gazeta Esportiva

TAGS