PUBLICIDADE
Esportes

Jair cita números contra ?poderoso? Palmeiras para defender evolução do Santos

A campanha do Santos no Campeonato Paulista é irregular: são duas vitórias, um empate e duas derrotas. A atuação do Peixe no revés por 2 a 1 no clássico contra o Palmeiras, porém, motiva Jair Ventura. O técnico cita estatísticas da partida diante do ?poderoso? rival para defender a evolução do time na competição desde [?]

14:15 | 08/02/2018

A campanha do Santos no Campeonato Paulista é irregular: são duas vitórias, um empate e duas derrotas. A atuação do Peixe no revés por 2 a 1 no clássico contra o Palmeiras, porém, motiva Jair Ventura.

O técnico cita estatísticas da partida diante do ?poderoso? rival para defender a evolução do time na competição desde a estreia no dia 17 de janeiro.

?No último jogo, isso não repercutiu? Enfrentamos o Palmeiras, fora, torcida única, e acabamos com seis jogadores formados na base. É uma coisa que temos que exaltar. Santos sendo o Santos, não é fácil não. Enfrentar jogadores experientes do Palmeiras, com força financeira? Perdemos? Perdemos, mas tivemos mais posse, botamos no chão, jogamos o jogo. Falaram da derrota, mas não de jogar bem contra o todo poderoso Palmeiras. Dentro das mudanças todas, conseguimos ver algumas coisas evoluindo. Podemos ver evolução em quesitos, números. Números não são subjetivos. Começamos com menos seis do ano passado. Seis é mais do que a metade do time. Victor Ferraz, Zeca e Lucas Veríssimo na linha de três. Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Bruno Henrique. Parece um pouco de desculpa, mas são menos seis titulares?, disse o treinador.

?O trabalho está começando do zero e conseguimos ver coisas boas. Santos é quem tem mais posse de bola e troca passes no campeonato, o melhor no drible, o melhor nas disputas ofensivas. Estamos vendo evolução. Estamos invictos e ganhamos todas? Não, mas tirando primeiro tempo do Ituano, vejo evolução boa. Vejo regularidade, tirando um tempo. Resultados não foram os melhores, queríamos a vitória, mas vemos evolução. Esperança é de fazer um grande ano?, completou.

O próximo adversário do Santos será a Ferroviária neste sábado, às 16h30 (de Brasília), em Araraquara, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Chance para o Peixe e Jair Ventura transformarem os números em três pontos.

Gazeta Esportiva

TAGS
Jair cita números contra ?poderoso? Palmeiras para defender evolução do SantosSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Jair cita números contra ?poderoso? Palmeiras para defender evolução do Santos

A campanha do Santos no Campeonato Paulista é irregular: são duas vitórias, um empate e duas derrotas. A atuação do Peixe no revés por 2 a 1 no clássico contra o Palmeiras, porém, motiva Jair Ventura. O técnico cita estatísticas da partida diante do ?poderoso? rival para defender a evolução do time na competição desde [?]

14:15 | 08/02/2018

A campanha do Santos no Campeonato Paulista é irregular: são duas vitórias, um empate e duas derrotas. A atuação do Peixe no revés por 2 a 1 no clássico contra o Palmeiras, porém, motiva Jair Ventura.

O técnico cita estatísticas da partida diante do ?poderoso? rival para defender a evolução do time na competição desde a estreia no dia 17 de janeiro.

?No último jogo, isso não repercutiu? Enfrentamos o Palmeiras, fora, torcida única, e acabamos com seis jogadores formados na base. É uma coisa que temos que exaltar. Santos sendo o Santos, não é fácil não. Enfrentar jogadores experientes do Palmeiras, com força financeira? Perdemos? Perdemos, mas tivemos mais posse, botamos no chão, jogamos o jogo. Falaram da derrota, mas não de jogar bem contra o todo poderoso Palmeiras. Dentro das mudanças todas, conseguimos ver algumas coisas evoluindo. Podemos ver evolução em quesitos, números. Números não são subjetivos. Começamos com menos seis do ano passado. Seis é mais do que a metade do time. Victor Ferraz, Zeca e Lucas Veríssimo na linha de três. Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Bruno Henrique. Parece um pouco de desculpa, mas são menos seis titulares?, disse o treinador.

?O trabalho está começando do zero e conseguimos ver coisas boas. Santos é quem tem mais posse de bola e troca passes no campeonato, o melhor no drible, o melhor nas disputas ofensivas. Estamos vendo evolução. Estamos invictos e ganhamos todas? Não, mas tirando primeiro tempo do Ituano, vejo evolução boa. Vejo regularidade, tirando um tempo. Resultados não foram os melhores, queríamos a vitória, mas vemos evolução. Esperança é de fazer um grande ano?, completou.

O próximo adversário do Santos será a Ferroviária neste sábado, às 16h30 (de Brasília), em Araraquara, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Chance para o Peixe e Jair Ventura transformarem os números em três pontos.

Gazeta Esportiva

TAGS