PUBLICIDADE
Esportes

Pai e empresário de Gabigol explicam retorno ao Santos: ?Não foi fácil?

Depois de quase dois meses de negociações, o Santos anunciou Gabigol como reforço por empréstimo de um ano nesta quinta-feira. O pai do atacante, Valdemir Silva, e o empresário Junior Pedroso explicam a transação que envolveu a Internazionale-ITA, dona dos direitos econômicos, e o Benfica-POR, onde o atleta estava emprestado até julho. ?Desde o princípio, [?]

14:15 | 25/01/2018

Depois de quase dois meses de negociações, o Santos anunciou Gabigol como reforço por empréstimo de um ano nesta quinta-feira. O pai do atacante, Valdemir Silva, e o empresário Junior Pedroso explicam a transação que envolveu a Internazionale-ITA, dona dos direitos econômicos, e o Benfica-POR, onde o atleta estava emprestado até julho.

?Desde o princípio, quando se pensou em voltar ao Brasil, a família inteira pensou no Santos. É um clube e torcida que adoram o Gabriel. Temos casa aqui e adotamos Santos como nossa cidade natal. Mesmo com o interesse de outros clubes, nossa prioridade era o Santos. É a casa dele, que sempre o recebeu de braços abertos?, disse Valdemir.

?Não foi uma negociação fácil, pois envolvia altos valores. Começamos a discutir isso ainda em dezembro de 2017, por duas vezes na Itália. Sabíamos que o Santos tinha uma restrição orçamentária e buscamos uma forma de concretizar o negócio. O Gabriel teve de abrir mão de boa parte do salário para retornar ao Brasil?, ressaltou Junior Pedroso.

Para convencer a Inter, o Peixe se dispôs a pagar pelo empréstimo antecipadamente, em um valor de cerca de R$ 6 milhões. Gabriel, que ainda receberá parte dos salários da Inter, aceitou reduzir drasticamente a quantia equivalente ao Santos para facilitar a negociação.

Sondado por outras equipes do Brasil, como o São Paulo, Gabigol sempre deu prioridade ao Santos. O atacante, inclusive, esperou pelo desfecho das negociações na Baixada Santista e chegou a visitar o CT Rei Pelé.

Gabriel chega com status de titular e vestirá a camisa 10. Ele pode atuar pelos lados do campo, como Bruno Henrique, ou substituir Ricardo Oliveira como centroavante. O técnico Jair Ventura vai analisar qual a melhor função para o atleta de 21 anos.

Gabriel Barbosa foi vendido para a Internazionale por 29,5 milhões de euros (R$ 109 milhões na cotação da época) em 2016. O atacante não se firmou na Europa. Nesta temporada, emprestado ao Benfica-POR, ele atuou em um total de 141 minutos, com um gol marcado.

 

Gazeta Esportiva

TAGS