PUBLICIDADE
Esportes

Novidade no Santos de Jair, zagueiro está em fim de contrato

Robson Bambu foi a grande surpresa do Santos no empate em 1 a 1 com o Ituano neste domingo, no Pacaembu. Com David Braz poupado e Lucas Veríssimo, Cleber e Gustavo Henrique lesionados, o zagueiro revelado nas categorias de base estreou como profissional, e logo como titular. O defensor de 20 anos teve atuação discreta, [?]

09:15 | 29/01/2018

Robson Bambu foi a grande surpresa do Santos no empate em 1 a 1 com o Ituano neste domingo, no Pacaembu. Com David Braz poupado e Lucas Veríssimo, Cleber e Gustavo Henrique lesionados, o zagueiro revelado nas categorias de base estreou como profissional, e logo como titular.

O defensor de 20 anos teve atuação discreta, pareceu nervoso em alguns momentos, mas não comprometeu. A dupla com Luiz Felipe foi ensaiada em treino tático no último sábado, no CT Rei Pelé.

E com a ascensão do Menino da Vila, a diretoria já começa a pensar na renovação de contrato. O vínculo se encerra no dia 10 de novembro deste ano e ainda não há negociação em andamento.

Bambu é visto como grande promessa do Santos. O zagueiro coleciona convocações para seleções brasileiras de base e ainda atuava como lateral-direito pela equipe sub-20, antes de ser promovido. Em 2017, o Peixe recusou proposta de empréstimo do Braga-POR.

Bambu?

Além da boa atuação e da estreia surpreendente, o apelido de Robson veio à tona. O ?Bambu? apareceu na vida do jogador por causa de sua altura (1,85m) e de seu peso (menos de 70 kg). As brincadeiras começaram na base ? ele chegou ao Peixe no sub-11.

Alto e magro, Bambu se destaca pela velocidade e técnica apurada para um zagueiro. O atleta foi aprovado no teste do alvinegro para ser atacante. Depois, se tornou lateral, posição que desempenhou por quatro anos. Por fim, foi orientado a ser zagueiro.

?Cheguei para treinar um dia e meu técnico da época, Christian Tudisco, disse que eu atuaria como zagueiro. Fiquei confuso e sem entender no começo. Foi estranho. Mas como estava e estou aqui para ajudar, fui adquirindo conhecimento e descobri que a minha real posição é essa. Foi tudo no momento certo. Entendi isso graças ao nosso fisiologista Gustavo Jorge, que disse ao professor que eu renderia mais como zagueiro por causa da minha estrutura física. Hoje, estou feliz jogando dessa forma?, explicou Bambu para a série ?Nossos Meninos?, do site oficial do Santos.

Gazeta Esportiva

TAGS