PUBLICIDADE
Esportes

Ganso e Nenê são oferecidos, mas Santos não abre negociações

À procura de reforços, o Santos tem recebido sugestões de vários jogadores no mercado. Nos últimos dias, dois nomes chamaram a atenção: Ganso, do Sevilla-ESP, e Nenê, do Vasco. Dois empresários diferentes ofereceram a dupla ao Peixe, mas a diretoria optou por não abrir negociações, mesmo com a necessidade de contratar um meia depois da [?]

11:30 | 22/01/2018

À procura de reforços, o Santos tem recebido sugestões de vários jogadores no mercado. Nos últimos dias, dois nomes chamaram a atenção: Ganso, do Sevilla-ESP, e Nenê, do Vasco.

Dois empresários diferentes ofereceram a dupla ao Peixe, mas a diretoria optou por não abrir negociações, mesmo com a necessidade de contratar um meia depois da saída de Lucas Lima para o Palmeiras.

O maior problema é o alto salário, incompatível com o momento financeiro do Alvinegro. No caso de Ganso, há um agravante: a forma com que ele deixou a Vila Belmiro para jogar no São Paulo em 2012.

Boa parte do torcedor santista não perdoou a saída e o jogador foi hostilizado quando veio jogar na Vila. Na gestão de Modesto Roma, o Santos tentou contratar o armador em mais de uma oportunidade.

A atual diretoria defende a contratação de reforços identificados com o clube. A negociação por Rafael Marques, do Cruzeiro, não avançou porque o atacante classificou a torcida do Santos como ?meia dúzia de gato pingado? em 2015.

O principal alvo do Peixe para substituir Lucas Lima é Zelarayán, do Tigres-MEX. A negociação, porém, não avançou nos últimos dias. O alvinegro já contratou Romário e Eduardo Sasha, e espera pela documentação da Internazionale-ITA para anunciar Gabigol.

Gazeta Esportiva

TAGS
Ganso e Nenê são oferecidos, mas Santos não abre negociaçõesSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Ganso e Nenê são oferecidos, mas Santos não abre negociações

À procura de reforços, o Santos tem recebido sugestões de vários jogadores no mercado. Nos últimos dias, dois nomes chamaram a atenção: Ganso, do Sevilla-ESP, e Nenê, do Vasco. Dois empresários diferentes ofereceram a dupla ao Peixe, mas a diretoria optou por não abrir negociações, mesmo com a necessidade de contratar um meia depois da [?]

11:30 | 22/01/2018

À procura de reforços, o Santos tem recebido sugestões de vários jogadores no mercado. Nos últimos dias, dois nomes chamaram a atenção: Ganso, do Sevilla-ESP, e Nenê, do Vasco.

Dois empresários diferentes ofereceram a dupla ao Peixe, mas a diretoria optou por não abrir negociações, mesmo com a necessidade de contratar um meia depois da saída de Lucas Lima para o Palmeiras.

O maior problema é o alto salário, incompatível com o momento financeiro do Alvinegro. No caso de Ganso, há um agravante: a forma com que ele deixou a Vila Belmiro para jogar no São Paulo em 2012.

Boa parte do torcedor santista não perdoou a saída e o jogador foi hostilizado quando veio jogar na Vila. Na gestão de Modesto Roma, o Santos tentou contratar o armador em mais de uma oportunidade.

A atual diretoria defende a contratação de reforços identificados com o clube. A negociação por Rafael Marques, do Cruzeiro, não avançou porque o atacante classificou a torcida do Santos como ?meia dúzia de gato pingado? em 2015.

O principal alvo do Peixe para substituir Lucas Lima é Zelarayán, do Tigres-MEX. A negociação, porém, não avançou nos últimos dias. O alvinegro já contratou Romário e Eduardo Sasha, e espera pela documentação da Internazionale-ITA para anunciar Gabigol.

Gazeta Esportiva

TAGS