PUBLICIDADE
Esportes

Modesto descarta fazer parte de nova gestão do Santos: ?Momento é do Peres?

Logo após ganhar as eleições do Santos no último sábado, José Carlos Peres informou que iria convidar todos os rivais para integrarem sua gestão no clube. O atual presidente Modesto Roma Júnior, porém, garantiu que não fará parte da nova diretoria. ?A gente é santista acima de tudo. Peres tem que ter os três anos [?]

17:30 | 12/12/2017

Logo após ganhar as eleições do Santos no último sábado, José Carlos Peres informou que iria convidar todos os rivais para integrarem sua gestão no clube. O atual presidente Modesto Roma Júnior, porém, garantiu que não fará parte da nova diretoria.

?A gente é santista acima de tudo. Peres tem que ter os três anos para mostrar o trabalho, se dedicar ao clube. Acho que não é hora de ter um estranho no ninho. Não que eu seja estranho, mas sou acima de tudo Santos? Peres sabe que vai poder contar com toda a colaboração que a gente puder dar. Não é esse o momento (de estar na gestão). O momento é do Peres executar o seu plano de governo. Mostrei o que eu fiz e agora é momento de respeitar o governo Peres?, afirmou o presidente em exercício na tarde desta terça-feira, na Vila Belmiro, durante encontro para iniciar processo de transição do comando santista.

Oficialmente, Peres só irá assumir o Santos no dia 2 de janeiro. Porém, Modesto Roma se mostrou disposto a ajudar o novo mandatário e abriu as portas do clube para passar todas as demandas ao rival nas eleições.

?Queria agradecer o presidente Modesto pela hospitalidade. Durante o pleito existe a disputa natural, mas quando ele acaba todos nós seguimos santistas e lutando pelo bem do clube?, afirmou José Carlos Peres.

Nos próximos dias, o novo presidente do Peixe deve anunciar um diretor executivo de futebol e iniciar a busca para trazer um técnico. Além disso, Modesto também está atualizando seu sucessor sobre as conversas de renovação com Ricardo Oliveira e negociações para repatriar Robinho e até Gabigol.

Gazeta Esportiva

TAGS