PUBLICIDADE
Esportes

Elano promete recuperar DNA ofensivo e quer Santos ?com a sua cara?

Em mais de 100 anos de história, o Santos ficou conhecido mundialmente pela força no ataque. Afinal, o Peixe é o clube que mais anotou gols no planeta, com 12.422 bolas na rede. Sob o comando de Levir Culpi, porém, o alvinegro abandonou o famoso DNA ofensivo. Foram apenas 33 tentos marcados em 31 rodadas [?]

15:45 | 01/11/2017

Em mais de 100 anos de história, o Santos ficou conhecido mundialmente pela força no ataque. Afinal, o Peixe é o clube que mais anotou gols no planeta, com 12.422 bolas na rede. Sob o comando de Levir Culpi, porém, o alvinegro abandonou o famoso DNA ofensivo. Foram apenas 33 tentos marcados em 31 rodadas do Campeonato Brasileiro.

Com a demissão de Levir no último sábado, a diretoria santista anunciou a efetivação de Elano até o final do torneio nacional. E se depender do novo técnico, a equipe de Vila Belmiro voltará a assustar as defesas adversárias.

?É difícil eu falar do trabalho dos outros. Às vezes caem cargas sobre mim que eu nem tenho a ver. Quero fazer o melhor para o torcedor sempre. Estou à frente para colaborar e ajudar eles, que podem contar comigo. Tenho uma maneira de trabalhar. Tenho maneiras e pensamentos táticos. E o Santos tem a sua maneira, não com Levir ou Dorival, mas na sua história e DNA. Sempre deu certo e temos que voltar. Precisamos de vitória para ganhar títulos?, disse Elano coletiva nesta quarta-feira, no CT Rei Pelé.

Com um apito nas mãos durante toda a entrevista, o novo treinador também garantiu que tentará colocar em campo um time com a cara dele.

?Eu peço para ser um time muito mais a minha cara. Sempre costumo dizer que muitos atletas foram melhores do que eu, mas tem de ter brilho, garra, dedicação, achar que não dá? Tem que dar. Temos um time bom, jogamos no Santos. Percebo no olho de cada um, e eles querem. Isso que me dá uma grande esperança. Tenho um time muito ofensivo, que eu gosto de jogar, mas tenho que defender bem em algumas situações. Depende das circunstâncias do jogo?, concluiu Elano.

O Santos segue treinando no CT Rei Pelé até sexta-feira. No próximo sábado, a equipe encara o Atlético-MG, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 32ª rodada do Brasileirão. Com 53 pontos, o Peixe ocupa a terceira colocação, a seis do líder Corinthians.

Gazeta Esportiva

TAGS