PUBLICIDADE
Esportes

Modesto projeta Paulistão 2018 e rechaça mudança favorável à base

Presente no evento que sorteou os grupos do Campeonato Paulista 2018, nesta terça-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), na Zona Oeste de São Paulo, o presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, avaliou a principal mudança para a próxima edição do torneio, que se apresenta favorável aos atletas das categorias de base. ?Acho [?]

17:45 | 17/10/2017

Presente no evento que sorteou os grupos do Campeonato Paulista 2018, nesta terça-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), na Zona Oeste de São Paulo, o presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, avaliou a principal mudança para a próxima edição do torneio, que se apresenta favorável aos atletas das categorias de base.

?Acho que independe. Nós vamos revelar como nós sempre revelamos, nós vamos utilizar a base como sempre utilizamos. Eu entendo que há uma necessidade de se tentar equilibrar o campeonato. Agora, gera alguns problemas. Vai ter muito jogador do elenco principal que vai ter que ficar de fora?, disse o mandatário.

Apesar do surpreso ponto de vista, afinal o Peixe é conhecido por explorar com maior êxito que seus rivais as jovens promessas, a fala de Modesto diz respeito ao novo regulamento do Estadual: se antes os clubes inscreviam até 28 jogadores em uma lista única, agora poderão inscrever até 26 atletas (sendo três goleiros) profissionais, e mais uma lista ilimitada com apenas jogadores de base ? vale ressaltar que apenas cinco jovens poderão estar em campo por vez.

Bem-humorado, o presidente do Alvinegro Praiano projetou como será o Paulistão 2018 para a sua equipe. No Grupo D da competição, o Santos tem como companheiros de chave, e possíveis rivais nas quartas de final, Botafogo-SP, Mirassol e Red Bull.

?Eu acho que nós vamos ter que jogar com todos os outros menos estes três (risos). Veja, o campeonato é difícil para os 16, não tem o melhor ou o pior. O Campeonato Paulista é muito equilibrado, é um dos maiores campeonatos do mundo. Então nós vamos avançando com este nível de dificuldade de todos os anos?, completou.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS