Maior campeão em pontos corridos, Edu Dracena passa a receita de títulosSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Maior campeão em pontos corridos, Edu Dracena passa a receita de títulos

Com a conquista do Campeonato Brasileiro de 2018, o zagueiro Edu Dracena entrou na lista de jogadores com mais conquistas da competição, desde que ela se tornou um torneio disputado através dos pontos corridos. Comemorando a sua quarta conquista da competição, o defensor demonstra que já sabe o que um time precisa para ser campeão [?]

10:15 | 27/11/2018

Com a conquista do Campeonato Brasileiro de 2018, o zagueiro Edu Dracena entrou na lista de jogadores com mais conquistas da competição, desde que ela se tornou um torneio disputado através dos pontos corridos. Comemorando a sua quarta conquista da competição, o defensor demonstra que já sabe o que um time precisa para ser campeão de uma campeonato com essa fórmula de disputa.

?O segredo é o trabalho, a dedicação, o respeito que tem dos atletas e de todos os profissionais. Você não pode pensar apenas em você mesmo, você tem que pensar sempre no grupo, no clube. Acho que isso faz a diferença num campeonato longo.  Além disso não pode existir vaidade, picuinha, alguém tentar ser maior do que o outro. Eu levo essas coisas comigo e por isso onde eu jogo eu sou tratado com respeito e tenho passagens bacanas?, avaliou o camisa 3.

Dos quatro títulos nacionais de sua galeria de troféus, apenas dois foram vencidos com a camisa alviverde, o de 2018 e o de 2016. As outras duas conquistas aconteceram em 2003, quando defendia as cores do Cruzeiro, e em 2015, pelo Corinthians.

O título conquistado pelo Palmeiras no último domingo representou a quarta conquista para mais dois atletas do elenco alviverde: o atacante Willian, campeão com o Corinthians em 2011 e bicampeão com o Cruzeiro em 2013 e 2014, e o polivalente Jean, campeão com o São Paulo em 2008, Fluminense em 2012 e o pelo próprio Verdão há dois anos.

Além do trio do Palmeiras, mais quatro jogadores possuem quatro conquistas desde a mudança do regulamento, ocorrida em 2003: os atacantes Emerson Sheik (2009, 2010, 2011 e 2015), Dagoberto (2007, 2008, 2013 e 2014) e Borges (2007, 2008, 2013 e 2014), além do meia Danilo (2005, 2011, 2015 e 2017).

Gazeta Esportiva

TAGS