Participamos do

Felipão arranca risos: ?Faço as coisas igual meninos de 20 anos?

Com o Palmeiras a caminho do título brasileiro, Luiz Felipe Scolari anda de bom humor. Após a goleada sobre o América-MG, estabelecida na noite desta quarta-feira, o treinador de 70 anos de idade arrancou risos e até alguns aplausos na sala de entrevistas do Allianz Parque ao falar sobre sua vitalidade. Contratado pelo Palmeiras após [?]
08:15 | Nov. 22, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com o Palmeiras a caminho do título brasileiro, Luiz Felipe Scolari anda de bom humor. Após a goleada sobre o América-MG, estabelecida na noite desta quarta-feira, o treinador de 70 anos de idade arrancou risos e até alguns aplausos na sala de entrevistas do Allianz Parque ao falar sobre sua vitalidade.

Contratado pelo Palmeiras após passar pelo chinês Guangzhou Evergrande, o experiente Felipão retornou ao Brasil cercado por alguma desconfiança. Questionado sobre o status de ultrapassado atribuído por alguns de seus críticos, o treinador foi espirituoso.

?O que falam aqui e ali não muda nada. Tenho que estar contente comigo mesmo, saber que tenho condições de gerenciar, de trabalhar em campo. Essa história de ter 70 anos? Faço as coisas igual aos meninos de 20, pode acreditar. Não com certa frequência, mas faço?, disse, entre risos e aplausos, encerrando a própria entrevista.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Antes de deixar a sala de entrevistas em grande estilo, Felipão contou que, a despeito da vasta experiência, ainda sente ansiedade diante da chance de garantir o título brasileiro. Às 17 horas (de Brasília) deste domingo, precisando de uma vitória para ser campeão, o Palmeiras pega o Vasco, em São Januário.

?Continuo igual a quando comecei minha carreira de técnico e quando jogava futebol. Durmo pouco na véspera das partidas, acordo muitas vezes. O friozinho na barriga, sinto igual. Não mudou nada ainda. Quando mudar, é a hora de parar. Não mudou?, reiterou o veterano.

O time dirigido pelo experiente Luiz Felipe Scolari, a dois pontos do título, não perde há 21 rodadas consecutivas no Campeonato Brasileiro (15 vitórias e seis empates). A sequência é um recorde na história do torneio nacional por pontos corridos, iniciado em 2003.

 

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente