Dudu lamenta vacilo na Bombonera e já pensa na reta final do BrasileiroSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Dudu lamenta vacilo na Bombonera e já pensa na reta final do Brasileiro

O empate por 2 a 2 contra o Boca Juniors selou o fim da caminhada do Palmeiras na Copa Libertadores. Após a queda na semifinal, sofrida no Allianz Parque, o atacante Dudu lamentou o revés por 2 a 0 da Bombonera, mas já projetou as rodadas decisivas do Campeonato Brasileiro. ?A gente pecou em sete [?]

01:15 | 01/11/2018

O empate por 2 a 2 contra o Boca Juniors selou o fim da caminhada do Palmeiras na Copa Libertadores. Após a queda na semifinal, sofrida no Allianz Parque, o atacante Dudu lamentou o revés por 2 a 0 da Bombonera, mas já projetou as rodadas decisivas do Campeonato Brasileiro.

?A gente pecou em sete minutos do primeiro jogo, quando tomamos dois gols por desatenção. Sabíamos que não poderíamos deixar isso acontecer e que seria muito difícil reverter. No segundo tempo, ainda conseguimos virar, mas tomamos o empate. Estávamos jogando contra um grande time?, afirmou Dudu.

Eliminado na semifinal da Copa Libertadores, o Palmeiras volta suas atenções ao Campeonato Brasileiro. Às 19 horas (de Brasília) deste sábado, pela 32ª rodada do torneio continental, o time alviverde volta a campo para enfrentar o Santos, no Allianz Parque.

?Agora é descansar e levantar a cabeça, porque já temos uma outra decisão. A gente conta com o apoio da torcida, que eles venham e nos ajudem, porque vão ser muito importantes nesses jogos finais do Campeonato Brasileiro?, declarou o atacante.

A sete rodadas do final do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras lidera com 63 pontos ganhos, à frente de Flamengo (59), Internacional (58) e São Paulo (56). Questionado se vê o título nacional como obrigação, Dudu procurou evitar colocar uma pressão ainda maior.

?Pelo clube grande que o Palmeiras é, temos obrigação de entrar em qualquer campeonato para disputar da melhor maneira possível. Estamos tristes, mas devemos levantar a cabeça, porque não há tempo para lamentar. Precisamos buscar a vitória contra o Santos?, reiterou o camisa 7.

 

Gazeta Esportiva

TAGS