Clima descontraído marca reapresentação do Palmeiras após o títuloSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Clima descontraído marca reapresentação do Palmeiras após o título

Tranquila e descontraída. Assim foi a reapresentação do elenco do Palmeiras nesta quarta-feira, na Academia de Futebol, três dias depois da conquista do decacampeonato brasileiro. De folga desde o triunfo contra o Vasco em São Januário, o grupo comandado por Luiz Felipe Scolari retornou às atividades para um trabalho leve, sem muita exigência da comissão [?]

17:00 | 28/11/2018

Tranquila e descontraída. Assim foi a reapresentação do elenco do Palmeiras nesta quarta-feira, na Academia de Futebol, três dias depois da conquista do decacampeonato brasileiro. De folga desde o triunfo contra o Vasco em São Januário, o grupo comandado por Luiz Felipe Scolari retornou às atividades para um trabalho leve, sem muita exigência da comissão técnica, visando o jogo do próximo domingo, contra o Vitória, que encerra a participação alviverde na temporada e marca a entrega da taça.

As risadas, inclusive, foram a tônica da atividade, aberta em sua totalidade pela primeira vez desde o início de agosto, quando Felipão decidiu por liberar à imprensa apenas o aquecimento. Sob os olhares de toda a comissão técnica, os atletas realizaram o tradicional ?bobinho? e depois foram separados em grupos de seis para duelar no futevôlei. Em um dos minicampos, Luan, Mayke e Lucas Lima mediram forças com Felipe Melo, Deyverson e Guerra, em uma das disputas mais acirradas.

Novidades também ficaram por conta da reapresentação do Verdão. O ex-jogador e atual membro da diretoria, Zé Roberto, compareceu ao campo para acompanhar o início da atividade. Depois, os filhos do atacante Borja também apareceram e fizeram sua festa particular assistindo o trabalho do pai, que deve ser titular no próximo domingo.

Para o duelo com o Vitória, já rebaixado para a Série B em 2019, o Palmeiras só não poderá contar com o atacante Willian, que sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito, irá passar por cirurgia e deve ser desfalque por um período de seis a nove meses. O camisa 29, inclusive, é o jogador com mais jogos do Verdão na temporada e artilheiro do time no Brasileiro, com 10 gols.

Por já ter consagrado o título brasileiro, a expectativa é de que Felipão utilize alguns jogadores que pouco atuaram na temporada e dê minutos aos menos desgastados. O gol, aliás, pode ser uma das posições com novidade, tendo Fernando Prass ou Jaílson como titular na vaga de Weverton. Nesta quarta, como ocorre tradicionalmente, os arqueiro trabalharam em separado e não participaram das atividades com o restante do elenco.

Gazeta Esportiva

TAGS