Scarpa completa 50 dias fora e vê prazo de retorno se esgotar no PalmeirasSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Scarpa completa 50 dias fora e vê prazo de retorno se esgotar no Palmeiras

Gustavo Scarpa completou 50 dias sem jogar ou treinar pelo Palmeiras. Contratado como grande reforço da temporada, o meia sofreu com problemas jurídicos em sua batalha com o Fluminense e agora está afastado por uma lesão que já ultrapassou os prazos da comissão técnica para  recuperação. No dia 6 de setembro, o técnico Luiz Felipe [?]

08:15 | 29/09/2018

Gustavo Scarpa completou 50 dias sem jogar ou treinar pelo Palmeiras. Contratado como grande reforço da temporada, o meia sofreu com problemas jurídicos em sua batalha com o Fluminense e agora está afastado por uma lesão que já ultrapassou os prazos da comissão técnica para  recuperação.

No dia 6 de setembro, o técnico Luiz Felipe Scolari estimou que o meia estaria de volta aos treinos em uma semana, e seria novamente opção para os jogos em 15 dias. Desde então, se passaram 22 e ainda não há previsão de retorno do atleta, que segue sem sequer ir para o gramado com os companheiros.

Contra o Vasco, no dia 12 de agosto, o meia sofreu um trauma no tornozelo direito, que causou uma inflamação no calcâneo. À princípio, o problema não preocupava o Núcleo de Saúde e Performance do clube, já que não necessitava de uma intervenção cirúrgica. No entanto, o departamento médico alviverde não passou um prazo de recuperação, algo informado apenas por Felipão.

A lesão interrompeu a primeira sequência do jogador nesta temporada. Em uma batalha jurídica pela rescisão com o Fluminense, o meio-campista atuou apenas 15 vezes desde que chegou ao Palmeiras. Nos primeiros três jogos de Felipão no comando do Verdão, o jogador amargou o banco de reservas contra América-MG e Cerro Porteño e foi titular diante do Vasco.

A ausência do camisa 14 coincide com o momento em que Scolari precisa de peças ofensivas de reposição. No Campeonato Brasileiro, o treinador tem utilizado uma ?formação B?, mas se vê obrigado a escalar frequentemente um de seus titulares no ataque, seja Dudu ou Willian. Nos dois últimos jogos pela competição, os dois atletas deixaram o banco de reservas e foram decisivos para os resultados palestrinos.

Gazeta Esportiva

TAGS