Galiotte deixa em aberto participação do Palmeiras no Paulista de 2019Sociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Galiotte deixa em aberto participação do Palmeiras no Paulista de 2019

Menos de 24 horas depois de ter anunciado a desistência na tentativa de impugnação da decisão do Campeonato Paulista, vencida pelo Corinthians, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte deixou em aberto a participação da equipe alviverde no torneio estadual. ?Nós vamos planejar todo o ano de 2019 com os principais campeonatos, que são os objetivos [?]

15:45 | 20/09/2018

Menos de 24 horas depois de ter anunciado a desistência na tentativa de impugnação da decisão do Campeonato Paulista, vencida pelo Corinthians, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte deixou em aberto a participação da equipe alviverde no torneio estadual.

?Nós vamos planejar todo o ano de 2019 com os principais campeonatos, que são os objetivos principais do Palmeiras, junto com a comissão técnica e diretoria de futebol. A decisão (sobre participar ou não do Campeonato Paulista) será feita no início do próximo ano?, avaliou o mandatário em entrevista para a Espn.

Além disso, o presidente fez questão ainda de reafirmar que o clube segue sem possuir nenhum tipo de relação com a Federação Paulista de Futebol. Vale lembrar que isso vem ocorrendo desde a final do Paulista deste ano, quando o Verdão decidiu por romper com a entidade.

?O Palmeiras hoje não tem nenhum tipo de relação com a Federação Paulista, não terá enquanto eu estiver aqui e não notar que houve mudanças efetivas e benéficas ao futebol brasileiro. Nós não participamos da eleição, eu tenho a minha opinião e não vou mudar?, avaliou em entrevista para a Fox Sports.

No último dia 8 de abril, com um triunfo nos pênaltis por 4 a 3 após ganhar por 1 a 0 no tempo normal, o Corinthians conquistou o título estadual. Insatisfeito com a arbitragem de Marcelo Aparecido, que marcou pênalti de Ralf sobre Dudu e voltou atrás depois de oito minutos, o Palmeiras vem buscando a anulação da partida contestando uma suposta interferência externa na arbitragem.

Na última quarta-feira, o Palmeiras teve o seu pedido de impugnação da partida negado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), encerrando assim os recursos na esfera esportiva brasileira. O clube até poderia tentar levar o caso para a Corte Arbitral do Esporte, na Suíça, porém decidiu por não fazer.

Gazeta Esportiva

TAGS