Treinador do Colo-Colo destaca ?motivação especial? de Valdívia em sua volta ao BrasilSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Treinador do Colo-Colo destaca ?motivação especial? de Valdívia em sua volta ao Brasil

Não há dúvidas da importância e da expectativa de ambos os lados para o duelo desta quarta-feira entre Corinthians e Colo-Colo. Mas para um jogador em particular, o confronto tem um gostinho especial: Jorge Valdívia. O chileno teve duas passagens pelo Palmeiras, entre 2006 e 2008 e mais tarde entre 2010 e 2015, e encarou [?]

08:15 | 29/08/2018

Não há dúvidas da importância e da expectativa de ambos os lados para o duelo desta quarta-feira entre Corinthians e Colo-Colo. Mas para um jogador em particular, o confronto tem um gostinho especial: Jorge Valdívia. O chileno teve duas passagens pelo Palmeiras, entre 2006 e 2008 e mais tarde entre 2010 e 2015, e encarou o Timão em 15 oportunidades, com cinco vitórias para cada lado e cinco empates, além de apenas um gol marcado pelo El Mago.

Agora, com 34 anos, ele volta ao Brasil para reencontrar um de seus maiores rivais, desta vez, na casa deles. E segundo seu atual treinador, Héctor Tapia, o 22º duelo entre Valdívia e Corinthians será um momento diferente para o jogador. ?A motivação de Jorge vai ser especial é claro. O que ele e seus companheiros vão viver será tremendo. Insisto que é o jogo mais importante do clube nos últimos 20 anos. E creio que a equipe está à altura do desafio?, pontuou em entrevista coletiva.

O comandante, que também teve passagem pelo Brasil enquanto jogador, quando defendeu o Cruzeiro em 2004, disse ainda que espera ver em campo todo o potencial do Mago. ?O Jorge tem muita história no Brasil, em um rival clássico do Corinthians, muita história no dérbi. Esperamos que na quarta-feira ele possa mostrar seu talento, que o levou a um dos lugares com melhor nível futebolístico como é o Brasil?.

Valdívia x Corinthians: equilíbrio e ausências marcam histórico

Técnico do Colo-Colo exalta duelo com Timão: ?O mais importante nos últimos 20 anos?

Por fim, Tapia disse ainda não ter definido o time que começará o duelo. Mas exaltou o trabalho de todos na busca pelo 100% de condicionamento físico. ?Ainda não definimos a formação inicial para quarta-feira, mas fizemos um trabalho conjunto, como clube, para chegar aqui com quase toda a equipe disponível para jogar. Temos um plantel com muita qualidade e que, cada vez que é exigido a esse tipo de teste, tem conseguido se sair bem?, finalizou.

O jogo de volta das oitavas de final da Libertadores está marcado para às 21h45 (de Brasília), nesta quarta-feira, na Arena Corinthians. O Colo-Colo sai em vantagem depois de ter vencido a partida de ida por 1 a 0. Assim, o Corinthians precisa de uma diferença de no mínimo dois gols para avançar nos 90 minutos. Em caso de um novo placar mínimo, o duelo irá para os pênaltis, enquanto qualquer outro resultado classifica os visitantes.

Gazeta Esportiva