Série histórica foi encerrada por um dos maiores ídolos do PalmeirasSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Série histórica foi encerrada por um dos maiores ídolos do Palmeiras

Com Zetti como titular, a Sociedade Esportiva Palmeiras estabeleceu a maior série de partidas sem sofrer gols de seus 104 anos de história. Ironicamente, a sequência recorde de 12 jogos com a zaga intacta foi encerrada pelo zagueiro Luis Pereira, ídolo histórico do clube alviverde. Leia mais: Zetti torce para Weverton superar recorde No Estádio [?]

08:15 | 29/08/2018

Com Zetti como titular, a Sociedade Esportiva Palmeiras estabeleceu a maior série de partidas sem sofrer gols de seus 104 anos de história. Ironicamente, a sequência recorde de 12 jogos com a zaga intacta foi encerrada pelo zagueiro Luis Pereira, ídolo histórico do clube alviverde.

Leia mais:

Zetti torce para Weverton superar recorde

No Estádio Bruno José Daniel, pelo Campeonato Paulista de 1987, o time visitante saiu na frente do Santo André com Mauro e o já veterano defensor igualou o placar. ?Luis Pereira ?fura? Zetti, mas o Palmeiras é campeão do turno?, manchetou o jornal A Gazeta Esportiva na edição de 25 de maio.

Mais de 30 anos depois, Zetti ainda lembra detalhes do lance. ?Na verdade, foi um gol meio contra. Ele chutou de primeira, o Lino deu um carrinho para tirar e a bola desviou. Eu estava inteiro para fazer a defesa, mas não consegui me recuperar. O Luís Pereira é um grande amigo, jogamos juntos no Palmeiras?, descreveu.

Na época, Zetti garantiu que o fim da longa série sem sofrer gols não foi suficiente para aborrecê-lo. ?Acho até que veio em boa hora. Agora, é uma preocupação a menos, tanto minha como de toda a equipe. Felizmente, conseguimos empatar e o resultado nos dá o título de campeões do Primeiro Turno?, disse o goleiro, aos 22 anos.

Incluído pelo jornal A Gazeta Esportiva na seleção da semana, o jovem ganhou elogios. ?É um dos pontos altos e marcantes do líder Palmeiras. A continuar assim, em breve espaço de tempo estará alcançando as portas da consagração?, previu o antigo diário, com exatidão.

A publicação também foi generosa com Luis Pereira, nomeado o craque da semana. ?Um jogador que, aos 37 anos, continua dando lições de abnegação, equilíbrio e muito arrojo. O que ele jogou contra o Palmeiras, não está escrito. Lutou do começo ao fim e acabou sendo compensando com um golaço?, opinou o jornal.

Em jejum desde a conquista do Campeonato Paulista 1976, a última de Ademir da Guia, o Palmeiras perdeu a final do Estadual 1986 diante da modesta Inter de Limeira. Com o título simbólico do Primeiro Turno de 1987, a torcida não teve dúvida e, aos gritos de ?É campeão!?, invadiu o campo do Bruno José Daniel.

Em uma época em que os alviverdes podiam comemorar títulos de verdade, Luis Edmundo Pereira, conhecido como Chevrolet, ganhou Roberto Gomes Pedrosa (1969), Campeonato Brasileiro (1972 e 1973) e Campeonato Paulista (1972 e 1974) pelo Palmeiras. Em duas passagens (1968-1975 e 1981-1984), marcou 35 gols em 575 jogos.

O sucesso no Primeiro Turno do Campeonato Paulista 1987 deu esperanças à torcida, já que o Palmeiras seria campeão de maneira antecipada se ganhasse o Segundo Turno. No entanto, o time alviverde não conseguiu manter o ritmo na metade final e acabou derrotado pelo São Paulo na semi após um frango de Zetti.

Gazeta Esportiva

TAGS