Deyverson aceita bronca do capitão Bruno Henrique e divide méritosSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Deyverson aceita bronca do capitão Bruno Henrique e divide méritos

Autor de dois gols, Deyverson se destacou no triunfo sobre o Vitória, alcançado na tarde deste domingo, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante do Palmeiras, satisfeito com a performance, aceitou a bronca que tomou do capitão do Bruno Henrique no primeiro tempo e dividiu os méritos pela atuação em Salvador. Após receber passe [?]

15:31 | 20/08/2018

Autor de dois gols, Deyverson se destacou no triunfo sobre o Vitória, alcançado na tarde deste domingo, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante do Palmeiras, satisfeito com a performance, aceitou a bronca que tomou do capitão do Bruno Henrique no primeiro tempo e dividiu os méritos pela atuação em Salvador.

Após receber passe de cabeça de Marcos Rocha, Deyverson abriu o placar logo no começo da partida com uma finalização da entrada da área. Pouco depois, fez firula diante da marcação e tomou uma bronca de Bruno Henrique. ?Joga sério, c?!,? gritou o volante, com a cara fechada.

?É normal. O capitão sempre tem que chamar a atenção, tanto a favor quanto contra. Ele chamou minha atenção e, graças a Deus, o aviso foi bastante importante para eu fazer o segundo gol?, afirmou à TV Globo o centroavante, que marcou de cabeça após cobrança de escanteio de Dudu.

No segundo tempo, Dudu se antecipou a Lucas Lima, limpou a marcação dentro da área e anotou o terceiro do Palmeiras com um toque na saída do goleiro Ronaldo. Ao analisar o resultado, Deyverson procurou valorizar a participação dos companheiros.

?Hoje, a vitória é totalmente do Palmeiras. Não foi o Deyverson nem o Dudu, mas sim o grupo todo. O time está de parabéns e fico muito feliz por voltar a fazer gols. Isso me dá bastante confiança para colocar em prática o que mais gosto: ajudar o grupo, marcar e dar a vida pela equipe?, celebrou, grato ao técnico Luiz Felipe Scolari.

?Todos os treinadores que passaram pelo Palmeiras me deram oportunidade, mas o Felipão veio com outra característica e deu mais chance de mostrar meu futebol e a vontade de vencer?, afirmou Deyverson, com quatro gols em 22 jogos na temporada.

 

Gazeta Esportiva

TAGS