De volta à sua casa, Felipão terá Allianz, camarões e estruturaSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO 

PUBLICIDADE
Esportes


De volta à sua casa, Felipão terá Allianz, camarões e estrutura

Em sua entrevista coletiva de apresentação, Luiz Felipe Scolari afirmou que estava voltando à sua casa. A frase nunca fez tanto sentido, considerando a passagem anterior pelo Palmeiras, sua segunda no clube. Em 2012, quando Felipão comandou o Verdão, o estádio Palestra Itália já havia sido fechado para reforma, que teve início em 2010 e [?]

08:15 | 04/08/2018

Em sua entrevista coletiva de apresentação, Luiz Felipe Scolari afirmou que estava voltando à sua casa. A frase nunca fez tanto sentido, considerando a passagem anterior pelo Palmeiras, sua segunda no clube.

Em 2012, quando Felipão comandou o Verdão, o estádio Palestra Itália já havia sido fechado para reforma, que teve início em 2010 e se encerrou em 2014, com a inauguração do Allianz Parque.

Assim, o pentacampeão mundial precisou dirigir o Palestra em jogos no Pacaembu, Canindé, estádios no interior de São Paulo, além da Arena Barueri, base na campanha do título da Copa do Brasil daquele ano. Agora, ele terá não apenas o Allianz Parque, como toda a nova estrutura da Academia de Futebol e o Núcleo de Saúde e Performance nas dependências palestrinas.

?Na última oportunidade que aqui estive (2012), éramos uma equipe itinerante. Jogávamos em Barueri, no Canindé, em Presidente Prudente? Não tínhamos nosso estádio, e hoje temos um estádio que é maravilhoso. Hoje, temos uma estrutura que, possivelmente, posso te dizer que vivi com uma estrutura assim em Londres, no Chelsea e mais nenhum lugar. É espetacular tudo que o Palmeiras pode dar aos seus jogadores e treinadores?, disse Scolari em sua apresentação.

Além de toda a estrutura, Felipão terá no restante de 2018 o material humano que cansou de pedir à diretoria da época. Há seis anos, Scolari se referia aos ?atletas de qualidade? como camarões, e pedia suas contratações publicamente nas entrevistas. Mesmo assim, não teve as demandas atendidas.

?Camarão é muito bom. Eu gosto muito, comeria todo dia, mas é muito caro, né? (risos)?, brincou o gaúcho, que agora terá um Palmeiras equilibrado e financeiramente e com o poder de contratações amplificado pelo forte patrocínio da Crefisa.

Às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Estádio Independência, Felipão dirige o Palmeiras pela primeira vez no confronto com o América-MG, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time alviverde encara o Bahia nas quartas de final da Copa do Brasil e pega o Cerro Porteño nas oitavas da Libertadores.

Gazeta Esportiva

TAGS