PUBLICIDADE
Esportes

Mattos define compra de Antônio Carlos e apoia Dudu após ?não? a China

Emprestado ao Palmeiras até o final desta temporada, o zagueiro Antônio Carlos já teve sua compra definida pelo Palmeiras, de acordo com o diretor de futebol Alexandre Mattos. Na véspera do jogo contra o Fluminense, o dirigente apoiou Dudu e exaltou a permanência de algumas das principais peças do elenco. Discreto em 2017, Antônio Carlos [?]

21:00 | 24/07/2018

Emprestado ao Palmeiras até o final desta temporada, o zagueiro Antônio Carlos já teve sua compra definida pelo Palmeiras, de acordo com o diretor de futebol Alexandre Mattos. Na véspera do jogo contra o Fluminense, o dirigente apoiou Dudu e exaltou a permanência de algumas das principais peças do elenco.

Discreto em 2017, Antônio Carlos virou titular sob o comando de Roger Machado e já disputou 35 jogos nesta temporada. Após recusar uma oferta de 6 milhões de euros (R$ 26 milhões) de um clube francês pelo jogador, hoje emprestado pelo Tombense, o Palmeiras resolveu comprá-lo ? falta apenas formalizar a operação.

?Definimos a aquisição dele?, afirmou Mattos em entrevista ao Fox Sports durante a noite desta terça-feira. ?Acreditamos nele. Já teve uma proposta de 6 milhões de euros. Achamos que vai vingar e pode vir até mais?, completou o diretor de futebol palmeirense.

O executivo não perdeu a chance de manifestar apoio ao atacante Dudu. Após ver o atleta balançado por uma recente oferta do chinês Shandong Luneng extremamente vantajosa do ponto de vista financeiro, Mattos projetou um esforço conjunto para evitar um eventual abatimento.

?Lá dentro, a alma, o espírito, o coração e a felicidade têm que acontecer. Se, por um momento, a pessoa está um pouco ?eu gostaria (de ter saído), mas tudo bem?, vamos resgatar esse cara. Aí, nós precisamos de todo o mundo: funcionários, comissão técnica, direção e, principalmente, do torcedor?, declarou.

Mattos revelou que sondou atletas como o zagueiro Miranda e o atacante Bernard, ambos sem planos de retornar ao Brasil. O diretor também garantiu a permanência de Moisés, assediado pelo egípcio Pyramids, e tratou como grande trunfo a continuidade dos atletas cobiçados, casos ainda de Lucas Lima, Willian e Gustavo Scarpa.

?A grande contratação do Palmeiras foram essas pequenas batalhas que enfrentamos para fazer a manutenção. Dentro da nossa realidade, e o Palmeiras tem que ser bastante responsável, estamos dando o nosso melhor. O clube vem fazendo o seu máximo e o máximo, no momento, é a manutenção?, explicou.

Gazeta Esportiva

TAGS