PUBLICIDADE
Esportes

Palmeiras tenta vencer a primeira após Borja se apresentar a Colômbia

Neste sábado, contra o São Paulo, às 21h (de Brasília), no Allianz Parque, o Palmeiras tenta conquistar sua primeira vitória após a ?despedida? de Miguel Borja rumo à Copa do Mundo. Desde que o camisa 9 se apresentou à seleção da Colômbia, o Verdão não conseguiu vencer. Já são três partidas sem o artilheiro da [?]

08:15 | 02/06/2018

Neste sábado, contra o São Paulo, às 21h (de Brasília), no Allianz Parque, o Palmeiras tenta conquistar sua primeira vitória após a ?despedida? de Miguel Borja rumo à Copa do Mundo. Desde que o camisa 9 se apresentou à seleção da Colômbia, o Verdão não conseguiu vencer.

Já são três partidas sem o artilheiro da temporada ? empate contra América-MG (Copa do Brasil) e derrotas para Sport e Cruzeiro (Campeonato Brasileiro) ? o que aumentou a pressão sobre os palestrinos. E não foram apenas nessas partidas que Miguel fez falta.

Ao longo de 2018, o Verdão tem apenas 44,4% de aproveitamento sem Borja, contra 78,3% quando o centroavante está em campo. São 17 vitórias, três empates e três derrotas ao longo de 23 jogos com o camisa 9 em campo. Contra apenas quatro vitórias, três empates e quatro derrotas sem ele.

O número de gols marcados também cai drasticamente sem o matador. Com Borja em campo, são 40 tentos em 23 jogos, média de 1,73 por jogo. Sem o atacante, a média cai para 1,54, sendo 17 bolas nas redes em 11 duelos.

Em 23 jogos na temporada, Miguel Borja marcou 15 gols, número muito acima dos 10 tentos anotados ao longo de 43 partidas em 2017. Além disso, dos últimos oito tentos do Verdão, o colombiano marcou cinco e deu duas assistências.

O gol de Borja, inclusive, é ?garantia? de vitória alviverde. Sempre que o centroavante balançou as redes com a camisa palestrina, o Palmeiras jamais saiu derrotado, tendo empatado em apenas duas ocasiões.

O matador é ainda o vice-artilheiro desta edição da Copa Libertadores da América com seis bolas nas redes, atrás apenas de Morelo, do Santa Fe-COL, que soma oito tentos. Na última semana, ele marcou três vezes diante do Junior Barranquilla, anotando o 300º gol do Verdão na história do torneio sul-americano. Além disso, este duelo marcou o primeiro hat-trick de um jogador na história do Allianz Parque.

Gazeta Esportiva

TAGS