PUBLICIDADE
Esportes

Emprestado, Rocha mira título expressivo para seguir no Palmeiras

Emprestado pelo Atlético-MG, Marcos Rocha conquistou a posição de titular na lateral direita do Palmeiras. Pensando em aumentar as chances de permanecer na Academia de Futebol em 2019, o ala deseja ganhar um caneco pela equipe alviverde nesta temporada. ?Venho trabalhando a cada dia, tentando mostrar minha qualidade e ajudar o Palmeiras a vencer. Acho [?]

16:45 | 08/05/2018

Emprestado pelo Atlético-MG, Marcos Rocha conquistou a posição de titular na lateral direita do Palmeiras. Pensando em aumentar as chances de permanecer na Academia de Futebol em 2019, o ala deseja ganhar um caneco pela equipe alviverde nesta temporada.

?Venho trabalhando a cada dia, tentando mostrar minha qualidade e ajudar o Palmeiras a vencer. Acho importante conseguir um título expressivo para que eu possa ganhar ainda mais a confiança da diretoria e, quem sabe, no final do ano ocorrer a compra definitiva. Mas isso ainda não foi discutido com ninguém?, explicou.

Marcos Rocha foi contratado pelo Palmeiras por empréstimo com duração de um ano. O atacante Roger Guedes permanecerá no Atlético-MG pelo mesmo período. Com 21 jogos e um gol, marcado no recente triunfo sobre o Atlético-PR, o lateral direito se diz satisfeito.

?Estou bastante feliz. É nítida dentro de campo a minha felicidade. A adaptação foi muito rápida e a maneira que as pessoas aqui do Palmeiras me receberam ajudou bastante. Então, essa felicidade está me ajudando nas partidas?, explicou Marcos Rocha.

Hoje em alta, o lateral direito sofreu crítica após os jogos contra Corinthians e Boca Juniors ao mostrar dificuldades na marcação durante os confrontos disputados no Allianz Parque. Para recuperar a boa fase, o Marcos Rocha escutou conselhos do técnico Roger Machado.

?Teve, sim, uma reunião com todos os jogadores. O Roger mostrou nossos posicionamentos e o que poderíamos fazer para melhorar. Procuro sempre trabalhar e ouvir o que o técnico pede. Isso foi conversado de uma maneira muito tranquila, sem uma cobrança que viesse a afetar de alguma maneira o rendimento em campo?, disse.

Gazeta Esportiva

TAGS