PUBLICIDADE
Esportes

Semana livre para treinos pode resultar em mudanças no Palmeiras

O Palmeiras se reapresenta para os treinos na tarde desta quarta-feira e, após um longo período tendo jogos durante o meio de semana, o técnico Roger Machado terá um tempo maior de preparação para o duelo contra o Internacional, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Pacaembu. A última vez em que o Palmeiras não [?]

09:15 | 18/04/2018

O Palmeiras se reapresenta para os treinos na tarde desta quarta-feira e, após um longo período tendo jogos durante o meio de semana, o técnico Roger Machado terá um tempo maior de preparação para o duelo contra o Internacional, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Pacaembu.

A última vez em que o Palmeiras não atuou na terça, quarta ou quinta-feira foi entre os dias 11 e 17 de março, quando venceu Ituano e Novorizontino pelo Campeonato Paulista. Agora, com o tempo livre para treinos, a escalação alviverde poderá ser modificada pelo técnico Roger Machado.

Antes do duelo contra o Botafogo, o comandante afirmou que não iria alterar sua dupla de zaga, formada por Antônio Carlos e Thiago Martins. A decisão foi tomada para não abalar a confiança dos defensores, especialmente do primeiro, que cometeu falhas consecutivas. Após um novo erro que resultou em empate contra o Botafogo, porém, ambos correm risco de deixar a equipe e Edu Dracena é candidato a assumir a titularidade.

Na sexta-feira, Roger Machado falou sobre os erros de movimentação de Lucas Lima e como devem ser corrigidos. Após o empate diante do Botafogo, voltou a abordar a atuação do camisa 20, ressaltando as mesmas falhas citadas anteriormente. Ele foi substituído por Guerra nos dois últimos duelo, o venezuelano deu uma assistência, fez um gol, se mostrou mais participativo e pode aparecer entre os 11.

Além destes, o colombiano Borja, desfalque contra o Botafogo por conta de dores no joelho, pode novamente ficar à disposição de Roger Machado. No entanto, a presença do camisa 9 contra o Inter ainda é dúvida.

?Faz falta porque é o nosso jogador de área. É um jogador que não pode estar hoje (na segunda-feira), tem um problema no joelho e ficou tratando em São Paulo. Não sei se o terei no próximo jogo. Se tiver, é um grande acréscimo? disse o comandante.

Borja entraria naturalmente na vaga de Willian. No entanto, devido ao futebol irregular mostrado por Keno e Dudu nos últimos jogos, ambos também são candidatos a deixar o time. Outra opção ainda seria manter o colombiano na reserva.

Gazeta Esportiva

TAGS