PUBLICIDADE
Esportes

Paulo Sérgio reclama de jogo ruim no Derby: ?Não vi futebol?

O atacante Paulo Sérgio, revelado no Corinthians e com passagem de sucesso pelo Bayern de Munique-ALE, não gostou do que viu no esperado clássico entre o seu ex-clube e o Palmeiras, que voltou a decidir um Campeonato Paulista após 19 anos e teve como vencedor o clube do Palestra Itália. ?Eu imaginava que ia ser [?]

07:00 | 02/04/2018

O atacante Paulo Sérgio, revelado no Corinthians e com passagem de sucesso pelo Bayern de Munique-ALE, não gostou do que viu no esperado clássico entre o seu ex-clube e o Palmeiras, que voltou a decidir um Campeonato Paulista após 19 anos e teve como vencedor o clube do Palestra Itália.

?Eu imaginava que ia ser um grande jogo, jogadores experientes que nós achávamos que iam comandar os seus colegas em campo. Só que foi muito truncado. Futebol, futebol mesmo, nós não vimos?, disse o atacante, campeão do mundo com a Seleção Brasileira em 1994, convidado do programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, no último domingo.

Para embasar sua argumentação, Paulo Sérgio lembrou de outra final bastante brigada, mas que, na sua avaliação, apresentou grandes lances de futebol: o Derby da decisão do Paulista de 1993, quando o Palmeiras encerrou uma série de 17 anos sem títulos para o Alviverde.

Naquela ocasião, o Timão saiu na frente no primeiro jogo, vencendo por 1 a 0 com um gol marcado por Viola, que imitou um porco na comemoração. A provocação foi usada como combustível para o arquirrival, que venceu por 3 a 0 no tempo normal na volta. O embate foi para a prorrogação, com vantagem do empate para o Palmeiras, que venceu novamente, dessa vez por 1 a 0, encerrando o jejum.

?Daquela vez a gente jogou um grande futebol dentro do gramado nós tivemos um belíssimo jogo. Primeiro jogo foi bom, com os dois times bem, no segundo o Palmeiras foi melhor e saiu campeão?, afirmou ele, sem antes dar uma alfinetada nas decisões do árbitro José Aparecido, até hoje figura mal afamada para os corintianos, principalmente por não expulsar Edmundo após carrinho no próprio Paulo Sérgio.

?Tudo isso tirando  aquela entrada do Edmundo (risos). Claro que teve algumas coisas da arbitragem também, mas foram dois grandes jogos?, concluiu Paulo.

Gazeta Esportiva

TAGS