PUBLICIDADE
Esportes

Evitando polêmica com palmeirenses, Cássio analisa defesa em pênalti de Dudu

Se Cássio tivesse tido a chance de escolher, o título do Corinthians no Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, não teria vindo através de cobranças de pênalti. Isso porque, até um tempo atrás, o goleiro não vinha levando vantagem sobre os batedores em penalidades máximas. No entanto, este quadro mudou no último domingo, e, com duas [?]

17:15 | 11/04/2018

Se Cássio tivesse tido a chance de escolher, o título do Corinthians no Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, não teria vindo através de cobranças de pênalti. Isso porque, até um tempo atrás, o goleiro não vinha levando vantagem sobre os batedores em penalidades máximas. No entanto, este quadro mudou no último domingo, e, com duas defesas, contribuiu para o a conquista de número 29 do Alvinegro nos estaduais.

?Pênalti é complicado. Tem jogador que treina, treina, acerta e às vezes erra. É difícil. E tem o fato de que às vezes você ganha uma disputa de pênaltis e só um acaba saindo como herói. E aqui no Corinthians não tem isso. Todo mundo contribuiu, ajudou e teve sua parcela para este título, que é o mais importante?, afirmou, em entrevista concedida nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava.

Dentre os dois penais defendidos por Cássio, um deles foi de Dudu. O meia não chegou a bater mal na bola, mas o arqueiro corintiano foi bem no lance e espalmou a bola em seu canto direito. Assumindo ter estudado antes da decisão, o camisa 12 garantiu que sabia onde o rival bateria. ?Eu sabia, vi os últimos pênaltis dele e o pessoal me falou o jeito que ele batia. Mas em 2015, ele bateu o mesmo pênalti, eu sabia que ele batia daquele jeito e acabei não defendendo. Desta vez fui feliz e a gente conseguiu ganhar o título?.

Sobre as fervorosas reclamações por parte dos palmeirenses, a respeito das polêmicas relacionadas à arbitragem da finalíssima, o goleiro prefere não entrar em atrito. Para ele, o Timão não foi beneficiado em aspecto nenhum e não tem nada a ver com a história.

?Pelo que eu vi das entrevistas, o Palmeiras tem direcionado esse assunto à Federação. Não vi nenhuma falta de respeito com o Corinthians. Não temos que ficar falando sobre isso, fomos campeões e já viramos a chave para o Campeonato Brasileiro, quarta que vem tem Libertadores?, apontou. ?Fomos campeões com total mérito. Trabalhamos, acreditamos e fomos merecedores. Mas cada um tem o direito de ter sua opinião e isso deve ser respeitado?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS