PUBLICIDADE
Esportes

Roger Machado brinca sobre armas do Junior Barranquilla: ?Conheço todos?

Téo Gutierrez, Yimmi Chará e Jonatan Álvez. O torcedor do Palmeiras que acompanhar a estreia do time na Copa Libertadores nesta quinta-feira, contra o Junior Barranquilla, às 21h30 (de Brasília), na Colômbia, deve ter esses três nomes em mente. O trio forma o ataque do Tubarão e a principal arma da equipe. Téo custou US$ [?]

10:45 | 01/03/2018

Téo Gutierrez, Yimmi Chará e Jonatan Álvez. O torcedor do Palmeiras que acompanhar a estreia do time na Copa Libertadores nesta quinta-feira, contra o Junior Barranquilla, às 21h30 (de Brasília), na Colômbia, deve ter esses três nomes em mente.

O trio forma o ataque do Tubarão e a principal arma da equipe. Téo custou US$ 3 milhões (R$ 9,71 milhões, na cotação atual) para ser comprado do Sporting-POR, em junho de 2017, enquanto Chará chegou na mesma época por US$ 4,5 milhões (R$ 14,56 milhões). Por último, veio Álvez, trazido por mais US$ 3,5 milhões (R$ 11,33 milhões).

Os dois primeiros já são consagrados entre os torcedores do Junior, enquanto Alvez ainda luta por uma vaga no time, já que ainda se entrosa com os companheiros. Em 2017, o atacante atuou pelo Barcelona de Guayaquil-EQU, que eliminou o Palmeiras pelas oitavas de final do torneio sul-americano. No último domingo, ele marcou seu primeiro gol pelo clube.

?Conheço todos (risos). A gente conhece os jogadores por militar no esporte há muito tempo. É nossa obrigação conhecer os grandes atletas do futebol mundial e, principalmente, do sul-americano porque nós vivemos próximos. Teo é um jogador talentoso, que precisa ser controlado de perto, precisa estar próximo e marcar em cima. Não podemos dar espaço para que crie seu jogo e nos crie dificuldades?, afirmou o comandante Roger Machado, que ainda falou sobre Yimmi Chará.

?É muito perigoso individualmente, mas esse perigo só é concretizado porque ele está em um sistema coletivo bem feito para que ele possa render. A individualidade é analisada coletivamente e separadamente também. O Junior é uma equipe muito equilibrada, que sabe manejar bem o jogo dentro de campo?, completou.

O Junior Barranquilla conquistou sua vaga na Pré-Libertadores com o título da Copa da Colômbia, no ano passado. Para chegar à fase de grupos, o time colombiano ainda superou o Olimpia e o Guarani.

Gazeta Esportiva

TAGS