PUBLICIDADE
Esportes

Roger elogia adaptação do Palmeiras a jogo ?físico? contra a Ponte

O Palmeiras não conseguiu tirar o zero do placar em Campinas

22:30 | 18/02/2018

O técnico Roger Machado concordou com seus atletas ao avaliar a dificuldade de se praticar futebol no gramado do Moisés Lucarelli, prejudicado pela chuva na noite deste domingo. Para o comandante, porém, há de se elogiar a capacidade da sua equipe em se adaptar a um estilo totalmente diferente do trabalhado durante os treinamentos.

?Primeiro tempo foi só primeira e segunda bola, parando muito. Segundo deu uma secada e melhorou, fizemos um jogo como o campo pedia, jogo de imposição física. Nós iremos enfrentar essas dificuldades em outras ocasiões e precisamos estar preparados para isso?, disse Roger, explicando sua visão do jogo.

?Adaptação, gramado pesado é muito jogo de contato físico, profundidade, adversário alça a bola e espera um erro defensivo. chute de longa distância par apegar rebote, fiquei satisfgeito por a gente ter entendido o que pedia?, comentou o comandante, elogioso também à Ponte.

?Acho que foi uma partida alternada, adversário teve algumas chances e nós criamos também. Criamos bastante no segundo tempo, foram boas as chances, poderíamos ter saído com uma sorte melhor?, analisou o palmeirense, reconhecendo que, durante a semana, esperava um duelo distinto do que viu.

?Você trabalha para ter jogo apoiado. Mas, quando não se consegue, se adapta. Muito mais divididas, disputas pelo alto do que em um jogo em condições normais. É difícil fazer essa avaliação. O importante é ter esse recurso de adaptação?, concluiu o alviverde.

Apesar da igualdade, sua segunda consecutiva, o clube do Palestra Itália ainda sobra no Campeonato Paulista, liderando o Grupo C com 20 pontos conquistados, 11 pontos à frente da Ferroviária, terceira colocada. Na próxima rodada, os comandados de Roger Machado terão pela frente o Derby contra o Corinthians, em Itaquera, às 17h (de Brasília) do sábado

Gazeta Esportiva

TAGS