PUBLICIDADE
Esportes

Roger elogia Felipe Melo, mas não garante ?titularidade indiscutível?

Felipe Melo foi titular em três das quatro partidas do Palmeiras neste início de temporada ? poupado apenas do duelo contra o Red Bull ? e esteve entre os melhores em campo em todos os duelos. Mesmo assim, Roger Machado prefere não garantir a titularidade do Pitbull. ?Tenho 30 jogadores com qualidade similar. No jogo [?]

07:15 | 29/01/2018

Felipe Melo foi titular em três das quatro partidas do Palmeiras neste início de temporada ? poupado apenas do duelo contra o Red Bull ? e esteve entre os melhores em campo em todos os duelos. Mesmo assim, Roger Machado prefere não garantir a titularidade do Pitbull.

?Tenho 30 jogadores com qualidade similar. No jogo passado, o Thiago Santos, substituindo o Felipe, nos deu oportunidade de vencer. Nesse momento ele é o titular, não tenha dúvida. Mas as fases do jogo são construídas dentro da partida, Felipe tem correspondido em todas, defendendo, articulando e com a jogada semifinal. Dá para dizer que foi um passe para gol. Que bom que os jogadores estão começando a temporada em alto nível. E os que estão entrando estão me dando dor de cabeça. Isso é bom?, afirmou.

O volante, que havia sido decisivo na primeira partida da temporada (contra o Santo André) com uma linda virada de jogo para Borja, que culminou em gol de Willian, foi novamente decisivo. Contra o Bragantino, Felipe Melo acertou novo passe longo, do campo defensivo, nos pés ? mais precisamente na coxa ? de Dudu, que definiu o marcador.

Já Thiago Santos, em teoria seu reserva imediato, foi titular contra o Red Bull e marcou dois gols, decretando a virada na última quinta-feira. Até o momento, ambos atuaram com Tchê Tchê como seu companheiro mais defensivo no meio-campo. O camisa 8, que pode perder o lugar para Moisés em breve, também foi elogiado por Roger Machado.

?Até esse momento, o Tchê Tchê vem fazendo tudo que se pede para função dele. Temos um jogador centralizado entre as linhas, que é o Felipe, e dois jogadores em frente, que são Lucas e o Tchê Tchê. O Lucas é mais articulador e o Tchê Tchê tem boa visão de jogo e consegue se deslocar bem entre as linhas. Tem sido importante. Individualmente, tem aparecido dentro do contexto coletivo. Cada jogador tem importância na sua fase. Tenho um time muito ofensivo, para que tenha equilíbrio alguns são mais sacrificados em ações defensivas?, completou.

Esta semana será a primeira livre para os palmeirenses treinarem desde o início do Campeonato Paulista. O Verdão volta a campo somente no domingo, quando recebe o Santos na arena, às 17h (de Brasília). Já o Bragantino enfrenta o Red Bull em Campinas, no sábado, às 19h.

O Palmeiras ampliou sua vantagem na liderança do Grupo C do Paulistão. Agora com 12 pontos, o time de Roger Macado tem cinco de vantagem para o São Bento, que perdeu em casa contra a Ponte Preta. A diferença é a mesma para o Novorizontino, que no sábado venceu o São Caetano. A Ferroviária é a lanterna da chave, com dois pontos, mas entra em campo somente na segunda-feira.

Gazeta Esportiva

TAGS