PUBLICIDADE
Esportes

Por parte física, Palmeiras poderá ter mudanças contra o Botafogo

O Palmeiras teve ótima atuação na estreia do Campeonato Paulista, nesta quinta-feira, mesmo assim, a equipe poderá sofrer mudanças para a partida do próximo domingo, contra o Botafogo, em Ribeirão Preto. Em início de temporada, Roger Machado cogita alterar seus titulares por questões físicas. ?Vamos avaliar nesta sexta-feira a parte física, ver aqueles que de [?]

07:15 | 19/01/2018

O Palmeiras teve ótima atuação na estreia do Campeonato Paulista, nesta quinta-feira, mesmo assim, a equipe poderá sofrer mudanças para a partida do próximo domingo, contra o Botafogo, em Ribeirão Preto. Em início de temporada, Roger Machado cogita alterar seus titulares por questões físicas.

?Vamos avaliar nesta sexta-feira a parte física, ver aqueles que de fato estão em melhores condições, há um tempo pequeno de recuperação até domingo e vamos ver dia a dia. Muitas vezes, neste começo, a parte física pode ser determinante para escolher quem vai para a partida?, afirmou o treinador.

Assim, o atacante Keno, por exemplo, pode retomar sua condição de titular. O novo camisa 11 ficou entre os reservas no duelo contra o Santo André, mas entrou na etapa final e foi decisivo ao marcar o terceiro gol alviverde, em um momento que o Palestra sofria pressão dos visitantes.

?O Willian ganhou a posição nas atividades, o Keno, de fato, acabou o ano em alta, mas o bom de ter um grupo de qualidade é isso: coloca um time para iniciar e com as alterações mantém o bom nível e qualidade do jogo, fazendo com que a gente siga bem na partida. Contra o Santo André acho que os dois me deram isto. O Willian entrando e o Keno terminando, digamos, o serviço. Nada impeça que possa ser invertido, também?, completou.

Outro que corre risco para a partida contra o Botafogo é o zagueiro Antônio Carlos. O defensor, que precisou ser substituído na estreia por conta de cãibras, conquistou a vaga na pré-temporada e fez partida segura, mas falhou no único gol do Santo André. Quem tem presença descartada é o meia Gustavo Scarpa, ainda sem condições físicas.

?O Scarpa ficou cerca de 45 dias afastado das atividades formais, sei que estava treinando à parte, mas nunca é um trabalho especializado no clube. Teremos com ele o mesmo processo dos que participaram da pré-temporada. A programação já está feita, mas precisamos de cautela para quando ele for liberado estar no nível parecido do restante do grupo?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS