PUBLICIDADE
Esportes

Prass confirma papo por renovação e minimiza possível concorrente

Na tentativa de chegar a um novo acordo, o Palmeiras receberá o representante de Fernando Prass durante a semana. Na chegada ao Estádio da Ressaca para o confronto com o Avaí, disputado nesta segunda-feira, além de confirmar a reunião, o camisa 1 minimizou a possível concorrência com Weverton, do Atlético-PR. Com contrato apenas até o [?]

21:30 | 20/11/2017

Na tentativa de chegar a um novo acordo, o Palmeiras receberá o representante de Fernando Prass durante a semana. Na chegada ao Estádio da Ressaca para o confronto com o Avaí, disputado nesta segunda-feira, além de confirmar a reunião, o camisa 1 minimizou a possível concorrência com Weverton, do Atlético-PR.

Com contrato apenas até o final do ano, Prass está livre para assinar com outro clube. Aos 39 anos de idade, o experiente goleiro já reiterou seu desejo de renovar com o Palmeiras em repetidas ocasiões, algo que pode finalmente ocorrer nesta semana.

?Vai haver uma primeira reunião para a gente discutir a possibilidade de renovação. Vamos ver como se desenha. Todo mundo já sabe minha vontade de ficar, mas não sou eu que decido?, afirmou Prass, antes de seguir rumo ao vestiário do Estádio da Ressacada.

Após a recente goleada sobre o Sport, ao comentar a própria situação, o goleiro garantiu que o aspecto financeiro não será decisivo para definir um novo acordo. A tendência é que Fernando Prass acerte a renovação de seu contrato com o Palmeiras por mais uma temporada.

Independentemente da situação do camisa 1, o time alviverde estuda a possibilidade de reforçar a posição. Um dos nomes cogitados é Weverton, campeão dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. Questionado se a eventual contratação do jogador do Atlético-PR mudaria seus planos, Prass negou.

?Qualquer goleiro que chegar vem para disputar a posição. Eu tenho contrato acabando, mas, mesmo se eu não ficar, o Palmeiras tem Jailson, um goleiro de alto nível, e mais os meninos. Com certeza, vai ter uma grande disputa, independente do nome e de eu ficar ou não. E não só no gol, em todas as posições?, declarou.

Contratado pelo Palmeiras no final de 2012, o goleiro de 39 anos foi o herói do título da Copa do Brasil 2015 e participou da conquista do Campeonato Brasileiro 2016. Com 254 jogos, ele é o oitavo arqueiro que mais vestiu a camisa do clube e já está no top 50 histórico.

Gazeta Esportiva

TAGS