PUBLICIDADE
Esportes

Organizada do Verdão faz ?lista de dispensa? e promete pressão ao time

O revés para o Vitória e o encerramento quase que total das chances de título no Campeonato Brasileiro criaram reflexos dentro da torcida do Palmeiras. Nesta quinta-feira, a Mancha Alviverde, principal organizada do Verdão, publicou um comunicado em sua página no Facebook fazendo duras críticas aos profissionais da equipe, pedindo dispensa de alguns jogadores e [?]

14:45 | 09/11/2017

O revés para o Vitória e o encerramento quase que total das chances de título no Campeonato Brasileiro criaram reflexos dentro da torcida do Palmeiras. Nesta quinta-feira, a Mancha Alviverde, principal organizada do Verdão, publicou um comunicado em sua página no Facebook fazendo duras críticas aos profissionais da equipe, pedindo dispensa de alguns jogadores e ainda prometendo grande pressão nesta reta final de temporada.

Na nota, que tem como título ?Não aguenta pressão, fora do Verdão?, a uniformizada inicia criticando o fracasso do elenco palmeirense em jogos decisivos, pontuando as partidas contra a Ponte Preta, pelo Campeonato Paulista, Cruzeiro, pela Copa do Brasil, Barcelona-EQU, pela Copa Libertadores, e Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.

As críticas ainda são mais fortes ao se tratar do lateral esquerdo Egídio, do atacante Róger Guedes e do diretor de futebol Alexandre Mattos.

A organizada ainda fez uma lista de dispensa, colocando os jogadores que não desejam ver na equipe no ano de 2018. Além do diretor de futebol Alexandre Mattos e do técnico interino Alberto Valentim, a relação conta com Egídio, Róger Guedes, Fabiano, Antônio Carlos, Juninho, Luan, Zé Roberto, Jean, Arouca, Michel Bastos, Bruno Henrique, Tchê Tchê, Deyverson e Erik.

Além de listar estes jogadores, a organizada também cita os atacantes Dudu e Borja, afirmando que não se importa caso sejam negociados, e o goleiro Fernando Prass, exigindo que a diretoria não renove com ele.

Já a respeito da diretoria, a uniformizada critica o que vê como dinheiro mal gasto por Alexandre Mattos. A organizada ainda cita negativamente o presidente Maurício Galiotte, o chamando de ?homem sem pulso?.

O único exaltado no comunicado é o volante Felipe Melo, que é elogiado pela torcida em virtude de sua ?vontade e sangue? dentro campo.

A Mancha Alviverde ainda encerra o comunicado prometendo muita pressão ao elenco e à diretoria neste final desta temporada.

Gazeta Esportiva

TAGS