PUBLICIDADE
Esportes

Luan repudia protesto da torcida no CT e nega influência na fase do time

Os protestos da torcida do Palmeiras no último domingo, na Academia de Futebol, antes do jogo contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, segue sendo assunto no clube. Nesta sexta-feira, o zagueiro Luan comentou o episódio e criticou a atitude. O defensor aproveitou para falar que a ação não influenciou para a fase de recuperação que [?]

15:45 | 17/11/2017

Os protestos da torcida do Palmeiras no último domingo, na Academia de Futebol, antes do jogo contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, segue sendo assunto no clube. Nesta sexta-feira, o zagueiro Luan comentou o episódio e criticou a atitude. O defensor aproveitou para falar que a ação não influenciou para a fase de recuperação que a equipe vive no torneio nacional.

?Do meu ponto de vista, nunca faltou união, companheirismo e bom ambiente aqui. Não foi pelo protesto que nos unimos. É coisa do acaso termos começado a ganhar depois dos protestos. As pessoas podem pensar que houve influência e achar que tem que vir aqui de novo em caso de derrota. Isto não entra na minha cabeça. Repudio totalmente o que aconteceu aqui. Não é humano e não é do esporte. Se o torcedor quiser cobrar, pode cobrar dentro do estádio, acho que têm o direito lá e não aqui?, disse o zagueiro.

O zagueiro ainda afirmou compreender algumas críticas dos torcedores, mas reiterou que isto não pode ser determinante no lado psicológico da equipe dentro das partidas.

?Creio que os torcedores tem direito de reclamar, pagam o ingresso. Cabe a nós termos a cabeça no lugar e acreditarmos em nós mesmos. Não podemos deixar que as coisas de fora venham para dentro e sim de dentro para fora. Se tivermos bons resultados, a torcida volta a nos apoiar?, analisou.

Depois do momento de oscilação, acumulando três jogos seguidos sem triunfos no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras conseguiu vencer dois jogos consecutivos e carimbou a vaga direta para a próxima Copa Libertadores. Nos três últimos compromissos pela competição, o Verdão irá brigar para terminar o torneio nacional na segunda colocação, o que aumentaria o valor recebido pelo clube em premiação.

Especial para a Gazeta Esportiva*

Gazeta Esportiva

TAGS