PUBLICIDADE
Esportes

Gols sofridos em sequência viram preocupação no Palmeiras

O Palmeiras foi derrotado pelo Avaí na noite de segunda-feira, na Ressacada, tendo sofrido dois gols em quatro minutos no segundo tempo, após ter dominado ? apesar de não ter criado tanto ? o adversário na primeira etapa. Essa oscilação é motivo de preocupação para os palmeirenses, que veem um reflexo do desempenho alviverde no [?]

07:15 | 21/11/2017

O Palmeiras foi derrotado pelo Avaí na noite de segunda-feira, na Ressacada, tendo sofrido dois gols em quatro minutos no segundo tempo, após ter dominado ? apesar de não ter criado tanto ? o adversário na primeira etapa. Essa oscilação é motivo de preocupação para os palmeirenses, que veem um reflexo do desempenho alviverde no ano.

?Esses jogos fazem diferença. Com todo o respeito ao Avaí, a gente propôs o jogo e, da forma com que jogamos o primeiro tempo, demonstramos que tínhamos capacidade de conquistar os três pontos. Mas não mantivemos isso no segundo tempo, sofremos um gol e logo em seguida levamos outro. Creio que foi a terceira partida que isso acontece, aí fica difícil correr atrás?, disse o meia Moisés.

As últimas três derrotas do Palmeiras ? que ocorreram nos últimos cinco jogos -, foram decorrência de gols sofridos em sequência. No Derby contra o Corinthians, Romero marcou aos 27 minutos do primeiro tempo, e Balbuena aos 29. O placar final terminou em 3 a 1 para o rival em Itaquera.

Já contra o Vitória, no Barradão, Yago abriu o marcador logo aos seis minutos, e Tréllez ampliou aos 15. Dudu descontou no primeiro tempo, mas Yago garantiu o triunfo rubro-negro por 3 a 1.

?Essa oscilação é um reflexo do nosso ano. Faz um tempo bom, um regular, um jogo ótimo, outro nem tanto? Infelizmente nosso ano foi assim, estamos pagando por isso. Se não fosse assim, estaríamos brigando por coisas muito maiores. É uma das coisas que precisamos acertar para o próximo ano?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS