PUBLICIDADE
Esportes

Felipe Melo cogita aposentadoria no Palmeiras e quer título para virar ídolo

Um dia após participar do adeus de Zé Roberto ao futebol, Felipe Melo também abordou sua futura aposentadoria como jogador profissional. Em entrevista concedida ao Sportv, o volante de 34 anos disse que cogita pendurar as chuteiras no Verdão, mas apenas após conquistar títulos e se tornar ídolo do clube. ?Sem sobra de dúvida (encerraria [?]

19:15 | 28/11/2017

Um dia após participar do adeus de Zé Roberto ao futebol, Felipe Melo também abordou sua futura aposentadoria como jogador profissional. Em entrevista concedida ao Sportv, o volante de 34 anos disse que cogita pendurar as chuteiras no Verdão, mas apenas após conquistar títulos e se tornar ídolo do clube.

?Sem sobra de dúvida (encerraria a carreira no Palmeiras). Minha ideia hoje é ganhar um campeonato importante no Palmeiras e, consequentemente, me tornar ídolo dessa torcida maravilhosa, que tem feito tanto por mim. Depois, sim, claro, quando a gente marca uma história e marca o nosso território aqui, a ideia é continuar por muitos e muitos anos?, afirmou o camisa 30.

Em seu primeiro ano no Palmeiras, Felipe Melo não conquistou títulos. Com o Alviverde, o volante foi eliminado nas quartas de final do Campeonato Paulista, oitavas da Copa Libertadores, semifinal da Copa do Brasil e é o atual vice-líder do Campeonato Brasileiro.

?Um dos nossos erros, e falo ?nosso? porque o Palmeiras somos todos nós, nessa temporada, foi trazer para nós essa responsabilidade, esse peso de que nós tínhamos que ganhar o Brasileiro, a Libertadores, o Paulista, o Mundial. Esquecemos que nós íamos jogar contra 11 jogadores, contra outros clubes importantes, que têm grandes jogadores?.

?Não foi soberba. Foi uma coisa que veio do externo para o interno. Muitos jogadores começaram a ver que chegaram jogadores importantes, então ?temos que ganhar, temos que ganhar?. Não foi soberba, foi automático. A gente absorveu de fora essa responsabilidade. De repente, a gente se viu em um momento no qual a gente já não tinha as rédeas da situação?.

Por fim, o Pibull ainda falou sobre o contato que o elenco alviverde teve com o técnico Roger Machado. O treinador, que assumirá o clube em 2018, esteve no Palestra Itália para assistir a vitória sobre o Botafogo, nesta segunda-feira, e será apresentado nesta quarta.

?Tivemos um contato com ele, todos nós. Antes do jogo, ele deu uma passada na Academia, com seu auxiliar, os colaboradores. Foi um papo mais para as boas-vindas, falar que estava assistindo ao jogo. Isso foi bom, porque o novo chefe estava olhando, então a gente tinha que jogar bem?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS