PUBLICIDADE
Esportes

Com cargo administrativo, Zé Roberto reprova troca de técnicos

Após mais de 20 anos como atleta profissional, Zé Roberto passará a atuar como assessor técnico do departamento de futebol do Palmeiras a partir da próxima temporada. Profundo conhecedor do cenário nacional, o lateral esquerdo reprova a troca constante de treinadores. ?O técnico vive de resultados, principalmente nos clubes grandes, mas hoje também nos médios e [?]

08:15 | 29/11/2017

Após mais de 20 anos como atleta profissional, Zé Roberto passará a atuar como assessor técnico do departamento de futebol do Palmeiras a partir da próxima temporada. Profundo conhecedor do cenário nacional, o lateral esquerdo reprova a troca constante de treinadores.

?O técnico vive de resultados, principalmente nos clubes grandes, mas hoje também nos médios e pequenos. Se não tem resultado, interrompe a continuidade. Isso, do meu ponto de vista, é uma coisa que não existe. Quando há um projeto, se você segue até o fim ao invés de olhar para o resultado, tem muito a ganhar?, afirmou.

Na temporada de 2017, o Palmeiras foi treinado por Eduardo Baptista, Cuca e Alberto Valentim ? nesta quarta-feira, o clube ainda apresenta Roger Machado. Nomeado como assessor técnico do departamento de futebol, Zé Roberto pede uma mudança de hábito.

?Se a mentalidade não for alterada, é difícil você alcançar o que quer colocar em prática. Essa mentalidade passa por dirigentes, clubes, torcedores. Se não tivermos um consenso de saber que isso é uma coisa que precisa mudar, vamos continuar no mesmo erro?, alertou.

O assessor técnico trabalhará ao lado de Alexandre Mattos e Cícero Souza, diretor e gerente de futebol, respectivamente. As partes ainda não acordaram os detalhes, mas a ideia é que Zé Roberto atue como um elo entre elenco, comissão técnica e diretoria.

?Se a mentalidade não for mudada, não adianta você colocar fulano, beltrano, trazer novos conceitos, fazer mudanças. A gente vive o moderno, mas continua fazendo o que é antigo. Isso não combina, não bate, não vai andar junto. A partir do momento em que mudar a mentalidade, o futebol brasileiro tende melhorar?, projetou Zé Roberto.

Com 63 pontos ganhos, o Palmeiras ocupa a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Às 17 horas (de Brasília) deste domingo, na tentativa de confirmar a segunda posição, o time dirigido pelo interino Alberto Valentim enfrenta o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Gazeta Esportiva

TAGS