PUBLICIDADE
Esportes

Desfalques devem repor Zé Roberto na ala após mais de um mês e meio

Embalado por uma sequência de quatro partidas sem derrota, o Palmeiras enfrenta o Santos às 19 horas (de Brasília) deste sábado, no Estádio Palestra Itália, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com Egídio e Michel Bastos indisponíveis, o veterano Zé Roberto deve ser escalado como titular na lateral esquerda após mais de um mês e [?]

09:15 | 26/09/2017

Embalado por uma sequência de quatro partidas sem derrota, o Palmeiras enfrenta o Santos às 19 horas (de Brasília) deste sábado, no Estádio Palestra Itália, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com Egídio e Michel Bastos indisponíveis, o veterano Zé Roberto deve ser escalado como titular na lateral esquerda após mais de um mês e meio.

Autor do gol da vitória sobre o Fluminense, Egídio, atual dono da posição, recebeu o terceiro cartão amarelo durante a partida disputada no último domingo. Já Michel Bastos, diagnosticado com erisipela (uma infecção na pele), não tem data para retomar as atividades ao lado do elenco.

Cuca prefere escalar Zé Roberto no meio, mas, diante dos desfalques, deve usá-lo na ala diante do Santos. Em sua última partida como lateral esquerdo, o veterano participou dos 90 minutos da derrota por 1 a 0 contra o Atlético-PR, sofrida no dia 6 de agosto, no Palestra Itália ? na ocasião, os titulares foram poupados para a Copa Libertadores.

Desde então, o Palmeiras disputou sete partidas, todas pelo Campeonato Brasileiro, três com Michel Bastos e quatro com Egídio na lateral esquerda. Zé Roberto entrou em campo pela última vez no empate por 1 a 1 contra o Vasco, em 13 de agosto, quando substituiu o meia Alejandro Guerra no segundo tempo do jogo disputado no Raulino de Oliveira.

O veterano perdeu espaço desde o retorno do técnico Cuca ao Palestra Itália e, na temporada de 2017, acumula um total de um gol em 32 partidas. Aos 43 anos de idade, ele tem contrato com o Palmeiras apenas até dezembro e, a princípio, planeja encerrar a longa carreira como jogador profissional.

O zagueiro Juninho também é capaz de atuar como lateral esquerdo, mas a tendência é que forme o miolo da defesa ao lado de Luan, uma vez que o veterano Edu Dracena acabou advertido com o terceiro cartão amarelo na recente vitória sobre o Fluminense.

O confronto entre Palmeiras é Santos é um duelo direto na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Com 44 pontos ganhos, um a mais que o time alviverde e 10 a menos que o Corinthians, a equipe praiana figura na vice-liderança do torneio nacional.

 

Gazeta Esportiva

TAGS