PUBLICIDADE
Esportes

Arouca atua em coletivo e fica à disposição de Cuca no Palmeiras

Arouca está próximo de voltar a entrar em campo pelo Palmeiras. Nesta terça-feira, o volante participou de todo o coletivo, que teve destaque de Róger Guedes, e foi a grande novidade do Verdão em treinamento na Academia de Futebol. Sem restrições físicas, mas ainda demonstrando falta de ritmo de jogo, Arouca atuou na equipe de [?]

18:30 | 26/09/2017

Arouca está próximo de voltar a entrar em campo pelo Palmeiras. Nesta terça-feira, o volante participou de todo o coletivo, que teve destaque de Róger Guedes, e foi a grande novidade do Verdão em treinamento na Academia de Futebol.

Sem restrições físicas, mas ainda demonstrando falta de ritmo de jogo, Arouca atuou na equipe de colete vermelho, definida por Alberto Valentim. Ao lado do camisa 5 atuaram Jailson; Fabiano, Pedrão, Gabriel Furtado e Matheus Bahia; Thiago Santos, Guerra e Raphael Veiga; Erik e Borja.

Enquanto o atleta atuava no treino coletivo, em outro campo da Academia de Futebol, Michel Bastos deu início à sua transição física após passar por uma erisipela (doença infecciosa de pele). Assim, apenas Yerry Mina segue em recuperação no departamento médico alviverde em recuperação de uma cirurgia no quinto metatarso do pé esquerdo.

Arouca passou pela segunda operação no tornozelo esquerdo há 24 semanas, prazo total estimado pelo departamento médico alviverde para recuperação do atleta. Primeiro, o volante precisou ser submetido a uma artroscopia para a retirada de um corpo livre, um fragmento da cartilagem, por conta de fortes dores no local.

Em seguida, após o procedimento cirúrgico, o camisa 5 voltou a treinar e foi até mesmo relacionado para a estreia na Copa Libertadores, diante do Atlético Tucumán, na Argentina, no dia oito de março. Porém, com o passar do tempo e dos treinamentos, Arouca voltou a se queixar de dores e ficou com os movimentos limitados, o que obrigou o jogador a passar por nova cirurgia, esta mais complexa para corrigir o ?buraco? deixado pela cartilagem que se soltou.

Neste ano, o jogador disputou apenas uma partida. No dia 21 de janeiro, quando entrou no segundo tempo do amistoso contra a Chapecoense, na Arena Condá, pela pré-temporada das duas equipes. Ele tem contrato até o dia 31 de janeiro de 2019 e agora trabalha para readquirir ritmo de jogo para voltar a disputar uma posição na equipe titular. Hoje, o setor conta com Thiago Santos, Jean, Bruno Henrique, Tchê Tchê e Felipe Melo.

Contratado em 2015 após passagem vitoriosa pelo Santos, Arouca foi peça importante no título da Copa do Brasil daquele ano mesmo sofrendo com lesões musculares. Foram 40 partidas em sua primeira temporada no Palestra Itália. No ano passado, sua participação no título brasileiro foi bem tímida: fez apenas dois jogos na competição, 20 na temporada. Ao todo, são 61 partidas e nenhum gol.

Gazeta Esportiva

TAGS