PUBLICIDADE
Esportes

Na estreia de Adilson Batista, América-MG derrota Inter e sai do Z4

O América-MG venceu nesta quinta-feira o Internacional por 2 a 1 no Independência pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em sua estreia pelo Coelho, o técnico Adilson Batista começou com pé direito e conseguiu dar uma consistência defensiva. Além disso, os mineiros souberam tirar proveito dos erros do clube gaúcho. Os gols foram marcados por [?]

22:30 | 26/07/2018

O América-MG venceu nesta quinta-feira o Internacional por 2 a 1 no Independência pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em sua estreia pelo Coelho, o técnico Adilson Batista começou com pé direito e conseguiu dar uma consistência defensiva. Além disso, os mineiros souberam tirar proveito dos erros do clube gaúcho. Os gols foram marcados por Juninho e Giovanni, enquanto Jonatan Alvez descontou. Os colorados perderam uma invencibilidade dez jogos.

Com o resultado, o América saltou para o 14º lugar do Brasileirão com 17 pontos. Já o Internacional caiu para o quinto lugar com 26 pontos. Na próxima rodada, o Coelho visita o Santos no domingo, às 19h (horário de Brasília), na Vila Belmiro. No mesmo dia o Colorado recebe o Botafogo,às 16h (horário de Brasília), no Beira-Rio.

Jogo

Com necessidade do resultado, o América-MG tomou a iniciativa, enquanto o Internacional tentou se encontrar em campo diante de uma formação mais ofensiva. O Coelho pulou na frente do placar num golaço se aproveitando numa falha de marcação do time gaúcho. Aos 05, Carlinhos cobrou a lateral para Ruy, que não conseguiu dominar, mas a bola caiu no pé de Juninho. Ele bateu de primeira, colocado, no ângulo esquerdo de Danilo Fernandes.

Após fazer o gol, a equipe mineira recuou e deixou a bola com o Inter. Os gaúchos tem insistido muito com a bola aérea e mostrou dificuldades no setor de criação já que vem atuando com quatro atacantes. Aos 19, Rafael Moura puxou para o meio e chutou de canhota da entrada da área para Danilo defender.

Bem postado na defesa, o América-MG procurou especular jogadas de contra-ataque. Mesmo com mais posse de bola, o Colorado não tem profundidade nas jogadas do meio pra frente. A chegada mais perigosa do Inter ocorreu, aos 28 minutos, quando Cuesta da esquerda cruzou na cabeça de Leandro Damião. O centroavante raspou a bola, mas foi a esquerda de João Ricardo.

O time mineiro se mostrou mais efetivo no jogo e assim ampliou o placar. Aos 34, Ruy descolou um lindo passe da intermediária às costas da defesa do Inter, Zeca não conseguiu cortar, e Giovanni saiu na cara de Danilo para desviar ao gol.

Melhor organizado em campo, os donos da casa souberam tirar proveito das falhas defensivas do Internacional. Por sua vez, os visitantes pouco ameaçaram a meta de João Ricardo. Aos 44, Nico López dominou a bola no alto e soltou a bomba para a defesa do goleiro.

Permaneceu o mesmo panorama depois que o Coelho fez o gol no primeiro tempo, o Colorado ficou com mais posse de bola, porém sem nenhuma objetividade. Mas quem chegou com perigo foi o América-MG. Aos 05, Cuesta ficou com a bola de Juninho, mas chutou em cima do jogador do América-MG, ela rebateu e caiu no pé do meio-campista. Ele bateu em cima do goleiro vermelho. Contratado pelo Inter, o centroavante Jonatan Alvez fez a sua estreia e entrou no lugar de Leandro Damião. Na base do desespero o Colorado bem que tentou reagir, mas não teve forças para superar as linhas defensivas do Coelho.

No setor de criação o técnico Odair Hellmann fez entrar D´Alessandro no lugar de Lucca. Aos 17, D?Alessandro cruzou na medida para Pottker dominar na área e mandar por cima do gol. Tendo boa vantagem no placar, os mineiros procuram administrar o resultado e largam a bola para o Colorado. Aos 25, depois de confusão entre Cuesta e Leandro Donizete, árbitro mandou mais cedo para o chuveiro Wesley e D?Alessandro.

O atacante uruguaio, em sua estreia com a camiseta vermelha, mostrou faro de gol. Aos 43, Zeca cruzou na área, Camilo escorou de cabeça, e Alvez dominou para bater cruzado, sem chances para João Ricardo. Após levar o tento, os mineiros tentaram segurar a bola mais a frente e terminaram a partida com a vitória.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 2 x 1 INTERNACIONAL

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 26 de julho de 2018, quinta-feira

Horário: 20 horas (de Brasília)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP)

Cartões amarelos: Rafael Moura e Leandro Donizete (América-MG), Cuesta e Jonatan Alvez (Internacional)

Cartões vermelhos: Wesley (América-MG) e D´Alessandro (Internacional).

GOLS:

AMÉRICA-MG: Juninho, aos 5 minutos do primeiro tempo, e Giovanni, aos 34 minutos do primeiro tempo

INTERNACIONAL: Jonatan Alvez, aos 43 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: João Ricardo, Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Leandro Donizete, Juninho;Wesley e Ruy(Matheusinho), Giovanni(Gerson Magrão) e Rafael Moura (Zé Ricardo)

Técnico: Adilson Batista

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes, Zeca, Klaus, Cuesta e Iago, Edenílson, Patrick, Pottker, Nico López (Camilo), Lucca (D´Alessandro) e Leandro Damião (Jonatan Alvez)

Técnico: Odair Hellmann

Gazeta Esportiva

TAGS