PUBLICIDADE
Esportes

Jogadores do Inter sentem alívio com vitória elástica sobre a Chape

A vitória por 3 a 0 sobre a Chapecoense nesta segunda-feira, no Beira-Rio, trouxe alívio aos jogadores do Internacional. O time estava incomodado porque, desde a estreia com um triunfo por 2 a 0 sobre o Bahia, não havia mais ganhado nem sequer marcado gols no Campeonato Brasileiro. Seguiram-se derrotas para o Palmeiras (1 a [?]

22:45 | 21/05/2018

A vitória por 3 a 0 sobre a Chapecoense nesta segunda-feira, no Beira-Rio, trouxe alívio aos jogadores do Internacional. O time estava incomodado porque, desde a estreia com um triunfo por 2 a 0 sobre o Bahia, não havia mais ganhado nem sequer marcado gols no Campeonato Brasileiro. Seguiram-se derrotas para o Palmeiras (1 a 0) e o Flamengo (2 a 0) e empates com o Cruzeiro (0 a 0) e o Grêmio (0 a 0).

?Foi o gol do alívio?, definiu o meia Patrick, que fechou a contagem diante da Chape com um feito inédito na sua carreira. ?Foi o meu primeiro gol de cabeça como profissional, na real. A gente sofreu em algumas partidas fora de casa e merecia construir esse bom resultado aqui. Pude ajudar e coroar a vitória com um gol. O grupo está de parabéns, assim como a torcida, por ter nos apoiado?, acrescentou.

Antes de Patrick fazer o seu gol de cabeça, o atacante Lucca abriu o caminho para a vitória com um chute certeiro de fora da área. Depois, cobrou falta para o zagueiro Rodrigo Moledo anotar também pelo alto. ?É sempre bom marcar. A gente não vinha fazendo gols, então a cobrança veio, mas o time não poderia se deixar abalar?, comentou o ex-corintiano, que substituiu meia D?Alessandro, lesionado.

Aliviado, o Inter alcançou os 8 pontos na tabela de classificação do Brasileiro, na 11ª colocação. No domingo, enfrentará o Corinthians, outra vez no Beira-Rio.

Gazeta Esportiva

TAGS