PUBLICIDADE
Esportes

Inter tropeça em casa contra o Vila Nova e não confirma acesso

17:45 | 11/11/2017
NULL
NULL

[FOTO1] O Internacional voltou a tropeçar em casa e empatou com o Vila Nova por 1 a 1, pela 35ª rodada da Série B, neste sábado. Os gols da partida foram marcados por Cláudio Winck, para o Colorado, e Ruan, para os goianos.

Com o resultado, o time gaúcho alcançou os 64 pontos e desperdiçou a oportunidade de garantir o acesso com três rodadas de antecedência. O placar também não foi bom para a equipe goiana, que chegou aos 54 pontos, ficando cinco atrás do G4.

As duas equipes retornam a campo, às 20h30 (de Brasília), desta terça-feira pela 36ª rodada. No estádio Serra Dourada, o Vila Nova recebe o Figueirense. O Internacional, por sua vez, tem mais uma chance de garantir o acesso e visita o Oeste, na Arena Barueri.

O JOGO

O jogo começou movimentado e, aos oito minutos, em jogada pela esquerda, o capitão D’Alessandro aplicou dribles em dois jogadores do Vila Nova, deixando um deles no chão, e cruzou para a área. A bola sobrou no pé do atacante William Pottker, que chutou forte. A redonda explodiu em cima da marcação e saiu da área.

O Inter abriu o placar aos 11. Após cobrança de falta de D’Alessandro, a bola passou por toda a área, enquanto o goleiro Luís Carlos saiu mal no lance e trombou com o zagueiro do próprio time.

A bola ia sair para tiro de meta, mas o volante Rodrigo Dourado evitou tocando para dentro da pequena área e o lateral Cláudio Winck apenas empurrou para o fundo das redes.

Aos 21 minutos, o Vila Nova chegou com perigo, começando a busca pelo empate. Em jogada pela esquerda, uma finalização mal feita virou passe para Geovane, que dominou, invadiu a área e chutou cruzado. A conclusão foi fraca, mas quase virou um passe para Maguinho, que aparecia na segunda trave.

Com o passar do tempo, o time gaúcho diminuiu o ritmo e a pressão sobre o adversário. Com isso, o Vila criou boas oportunidades, mas não conseguia concluir. Em lance pela direita, aos 35, Anderson Luís cruzou rasteiro, a bola passou na frente da meta, porém ninguém apareceu para empurrar para o fundo das redes.

SEGUNDO TEMPO

Logo aos 3 minutos, o Vila Nova empatou a partida. O gol surgiu em cobrança de falta. No lance, Alan Mineiro mandou para a área e o zagueiro Thales afastou parcialmente, mas, no rebote, Ruan disputou com Edenílson e, sem ângulo, concluiu na meta, igualando o marcador no estádio Beira-Rio.

O Inter respondeu aos 6. Em cobrança de falta de D’Alessandro, o lateral Cláudio Winck apareceu na segunda trave para cabecear, mas o goleiro Luís Carlos defendeu em dois tempos.

Com o resultado igualado, o time gaúcho voltou a pressionar o adversário. Aos 13, D’Alessandro cobrou escanteio e o zagueiro Thales desviou de cabeça no meio do caminho, mas o arremate passou sobre a meta defendido por Luís Carlos.

O Vila Nova apenas se defendia. Aos 24 minutos, Camilo tocou para Nico López, que dominou no peito, e concluiu sem deixar a bola cair. O goleiro Luís Carlos defendeu em dois tempos. Um minuto depois, Camilo recebeu e girou. O arqueiro da equipe goiana espalmou e o zagueiro Alemão apareceu a tempo para mandar para escanteio.

O Inter levou um susto aos 27 minutos. Após ataque pela direita, Maguinho cruzou e Thales cortou para trás. A redonda sobrou nos pés de Ruan, que finalizou forte, mas o goleiro Danilo Fernandes parou o chute.

O Vila Nova teve a chance de virar o placar também aos 36. Na jogada, o time goiano armou um contra-ataque pela esquerda com Alan Mineiro, que lançou Maguinho. O jogador chutou desequilibrado e o arqueiro do time gaúcho defendeu fez duas defesas importantes, salvando a equipe mandante.

Aos 48 minutos, após cobrança de falta de D’Alessandro, o zagueiro Léo Rodrigues cabeceou contra e quase marcou contra. A bola explodiu no travessão. O Internacional pressionou até o apito final, mas insistiu muito nos cruzamentos para a área e desperdiçou a chance de garantir o acesso.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 x 1 VILA NOVA

 

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 11 de novembro de 2017, sábado

Horário: 16h30 (de Brasília)

Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)

Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Público: 33.088 (28.268 pagantes)

Renda: R$ 735.273,00

Cartões amarelos: Rodrigo Dourado, D’Alessandro (Internacional), Geovane, Fagner, Léo Rodrigues (Vila Nova)

Gols: INTERNACIONAL: Claudio Winck, aos 11 minutos do primeiro tempo

VILA NOVA: Ruan, aos 3 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Léo Ortiz, Thales e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro, William Pottker (Camilo) e Eduardo Sasha (Nico López); Leandro Damião (Carlos)

Técnico: Guto Ferreira

 

VILA NOVA: Luís Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón Figueira; Anderson Luís (Léo Rodrigues), Fagner (Heitor), Geovane, Alan Mineiro; Ruan e Lourency (Tiago Adan)

Técnico: Hemerson Maria


Gazeta Esportiva

TAGS