Participamos do

Com Vojvoda garantido, Fortaleza disputa tetra estadual e Libertadores inédita em 2022

Após temporada histórica, Tricolor garante permanência do treinador argentino para novo ano, tenta manter hegemonia local e encara primeira participação na competição internacional
07:00 | Jan. 01, 2022
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Repórter de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A virada de ano representou também o encerramento de uma temporada histórica do Fortaleza. Tricampeão estadual, semifinalista da Copa do Brasil e quarto colocado da Série A, com vaga na Libertadores, o clube do Pici espera viver outro ano de glórias após assegurar a renovação do técnico Juan Pablo Vojvoda. A chegada de 2022 representa a disputa do quarto título cearense seguido em disputa e a participação inédita na principal competição continental.

Após um início de 2021 oscilante, com elenco e departamento de futebol em reformulação, o Tricolor trocou o comando técnico no final de abril e anunciou a chegada do treinador argentino no começo de maio. A decisão mudou os rumos da equipe no restante do ano, com resultados expressivos e feitos históricos nas competições nacionais.

Os resultados despertaram a atenção de outras equipes, mas Vojvoda renovou contrato para este ano - havia uma cláusula que garantia a extensão automática em caso de classificação para um torneio continental. Já com maior conhecimento do mercado brasileiro, o técnico participa do processo de ajustes no elenco, com saídas e chegadas pontuais de jogadores.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em fim de contrato, o zagueiro Jackson, o lateral-direito Daniel Guedes, o volante Gustavo Blanco e o atacante Osvaldo já deixaram o Pici. O zagueiro João Paulo foi emprestado ao Náutico-PE, e o volante Pablo foi cedido ao Vitória-BA, ambos até o final da temporada. Há ainda casos indefinidos, como o volante Éderson, do Corinthians-SP, e o meia Lucas Lima, que pertence ao Palmeiras-SP.

O meia Matheus Vargas renovou contrato por mais dois anos, enquanto Marcelo Benevenuto e Matheus Jussa foram adquiridos em definitivo. O defensor, que era do Botafogo-RJ, firmou vínculo até o final de 2026, e o volante foi comprado do Oeste-SP e assinou novo acordo com duração até o fim de 2024.

Além de partidas e permanências, a virada para 2022 também marcará o desembarque de caras novas no clube. Os quatro reforços anunciados até aqui são para o sistema defensivo: o experiente goleiro Fernando Miguel e os zagueiros Anthony Landázuri, Brayan Ceballos e Wagner Leonardo. A busca por nomes agora tem foco na parte ofensiva - em especial, um centroavante.

Os movimentos do Fortaleza no mercado da bola visam dar mais opções a Vojvoda e encorpar o elenco na busca por nova temporada positiva. No Campeonato Cearense, o segundo tetracampeonato da história está em jogo; na Copa do Nordeste, o objetivo é voltar a ter domínio regional; na Copa do Brasil, a equipe entrará direto na terceira fase em razão da disputa da Libertadores.

O torneio internacional, a propósito, é a grande atração do calendário tricolor. A prioridade é conseguir avançar para o mata-mata, mas a diretoria do Leão não despreza o terceiro lugar do grupo, que garantiria vaga na sequência da Sul-Americana. Já no Brasileirão, o foco é novamente conquistar lugar em uma competição do continente.

A pré-temporada terá início no próximo dia 10. A estreia em 2022 será diante do Floresta, no dia 22 ou 23, como visitante, pelo Nordestão.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags