Participamos do

Fortaleza monitora Alan Franco, do Atlético-MG, e encara concorrência no mercado

Sem espaço no Galo em 2021, volante da seleção equatoriana entra no radar do Tricolor, que aguarda definição dos mineiros e vê outros clubes interessados
12:45 | Nov. 24, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Repórter de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

De olho em 2022, o Fortaleza se movimenta no mercado da bola em meio à reta final da temporada 2021. Depois de firmar pré-contrato com Anthony Landázuri, do Independiente Del Valle-EQU, o clube do Pici mira outro equatoriano: o volante Alan Franco, jogador do Atlético-MG e titular da seleção nacional, mas encara forte concorrência, apurou o Esportes O POVO.

Em busca de reforços para o próximo ano, o Tricolor vê o meio-campista de 23 anos com bons olhos e tem interesse em um acordo - provavelmente por empréstimo. O Galo, por sua vez, aguarda o encerramento do Campeonato Brasileiro e as finais da Copa do Brasil, em dezembro, para definir a situação de alguns atletas do elenco.

Enquanto isso, o estafe do equatoriano, comandado pelo agente Peter Graetzer, acumula sondagens de outros clubes - tanto do Brasil quanto do exterior -, o que sinaliza que haverá grande concorrência caso os mineiros topem liberá-lo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Cria do próprio Del Valle, Alan Franco anos foi contratado pelo Atlético-MG no meio do ano passado, com vínculo até junho de 2024. Sob o comando de Jorge Sampaoli, o camisa 21 conquistou espaço e disputou 33 jogos no restante de 2020, com três gols marcados.

Na atual temporada, porém, teve menos oportunidades do técnico Cuca, também em razão do alto número de estrangeiros no elenco - o regulamento das competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) permite cinco estrangeiros relacionados por partida. Em 2021, o volante atuou 13 vezes.

Apesar das poucas oportunidades no clube mineiro, Franco seguiu prestigiado pelo técnico Gustavo Alfaro e se manteve entre os convocados da seleção do Equador, tanto para a Copa América quanto para as Eliminatórias. Dos 13 duelos disputados pela equipe nacional em 2021, foi titular em sete oportunidades.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags