PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Ex-goleiro do Fortaleza, Jefferson divulga nota após declarações de Richarlyson; leia na íntegra

Em entrevista ao programa Arena SBT, Richarlyson disse que Jefferson aceitou "mala preta" para facilitar o jogo contra a Ponte Preta, em 2003, valendo a permanência na Série A

18:11 | 20/07/2021
Jefferson atuou pelo Fortaleza em 2002 e 2003 (Foto: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM)
Jefferson atuou pelo Fortaleza em 2002 e 2003 (Foto: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM)

O ex-goleiro do Fortaleza, Jefferson, se pronunciou na tarde desta terça-feira, 20, por meio de nota oficial após as declarações do ex-companheiro de Tricolor, Richarlyson, sobre "mala preta" em 2003, no embate entre o Leão e a Ponte Preta, que selou o livramento dos paulistas e rebaixou os cearenses para a Série B.

Em comunicado, Jefferson afirmou que já buscou orientação jurídica e quer acionar a Justiça contra Richarlyson. O ex-meia disse em entrevista ao programa Arena SBT que um goleiro do Fortaleza, sem citar nome, aceitou "mala preta", termo usado para quando um jogador recebe dinheiro para perder uma partida. O jogo citado por Richarlyson, que também estava no Leão em 2003, é o diante da Ponte Preta, que valeu a permanência. Os dois ex-jogadores estiveram em campo na ocasião.

"Nunca, nada manchou minha honra na minha trajetória como profissional. Recebo com tristeza essa situação, mas com muita confiança de que a justiça seja feita, e de forma breve", se pronunciou Jefferson através de nota.

Quando as declarações de Richarlyson viralizaram nas redes sociais, um áudio de Jefferson rebatendo o ex-companheiro também foi divulgado na manhã desta terça. "Ele (Richarlyson) vai pagar até o final da alma dele por essa ‘fakenews’ que ele propagou. Infelizmente a gente vai ter que passar por mais essa prova na vida da gente. Meus advogados estão cuidando", comentou o ex-goleiro.

Veja abaixo a nota na íntegra divulgada por Jefferson:
Venho a informar a todos - imprensa, desportivas, amigos e parente - que já busquei orientação jurídica para tomar as providências legais necessárias, tanto para direito de respostas, como para que haja reparações por parte do acusador, onde couber dentro da lei. o objetivo é que, com o apoio da verdade e da justiça, um ato dessa natureza, praticado pelo ex-jogador não venha colocar sob suspeita a história de um atleta que conseguiu, com dedicação, disciplina e boas condutas, além de jogar futebol durante 20 anos, tornar-se bacharel em Economia, com pós-graduação em Gestão do Esporte, estendendo, assim, o envolvimento com o meio esportivo.

Reforço que me identifiquei muito com todas as equipes onde joguei, conseguindo atuar, ser referência e ser respeitado pelas maiores torcidas e clubes do meu estado: Ceará, Fortaleza e Ferroviário, com mais de 100 jogos em cada um, premiações e títulos. Nunca, nada manchou minha honra na minha trajetória como profissional. Recebo com tristeza essa situação, mas com muita confiança de que a justiça seja feita, e de forma breve.