PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Para Vojvoda, Fortaleza interpretou bem o jogo contra o América-MG e paciência em campo foi importante

O argentino reconheceu que no primeiro tempo o Fortaleza teve alguns problemas nas conclusões das jogadas ofensivas, mas, no geral, gostou da partida

Brenno Rebouças
21:47 | 07/07/2021
Juan Pablo Vojvoda, técnico do Fortaleza  (Foto: Aurelio Alves)
Juan Pablo Vojvoda, técnico do Fortaleza (Foto: Aurelio Alves)

Ao analisar a goleada do Fortaleza sobre o América-MG por 4 a 0, o técnico do Tricolor, Juan Pablo Vojvoda elogiou a tranquilidade que a equipe que comanda demonstrou em campo. Para ele, esse comportamento foi fundamental e os jogadores estavam cientes disso.

+Decisivo, Éderson comemora 22 anos com gol e assistência na vitória do Fortaleza

"Nós estávamos conscientes que teríamos que fazer um jogo muito inteligente, com paciência. E essa paciência tinha que transmitir em boa construção de jogadas de ataque e agressividade. Creio que tivemos isso e conseguimos quatro gols”, disse.

O argentino reconheceu que no primeiro tempo o Fortaleza teve alguns problemas nas conclusões das jogadas ofensivas e exaltou a importância do gol antes do intervalo.

+Artilheiro do Fortaleza em 2021, David celebra gols e campanha na Série A

"Meu time jogou e controlou a maior parte da partida. No primeiro tempo, fazia muito bem a zona de início, progressão, mas faltava determinação em jogadas de ataque. Conseguimos o gol no final do primeiro tempo, isso sempre ajuda, e no segundo tempo creio que o time fez uma partida muito interessante e conseguiu uma diferença muito boa (placar) para esse jogo”, avaliou.

Na volta do intervalo, com nove minutos de jogo, David fez o segundo. Foi o sétimo gol do Tricolor na Série A entre os acréscimos do primeiro tempo e os 15 minutos do segundo, faixa de tempo que a equipe mais tem marcado tentos na competição. Vojvoda, porém, refutou que esse período seja estratégico para o Leão.
"Acredito que é coincidência, nós buscamos sempre o gol, tanto no primeiro quanto no segundo tempo. Somos uma equipe que quer atacar que tenta gerar situações ao gol, logo que acho que é pura coincidência", afirma.

No geral, o comandante tricolor gostou da partida, no entanto, como é de costume, cobrou melhorias também. “A equipe soube interpretar os momentos do jogo. O primeiro tempo sempre é muito equilibrado, mas a equipe teve personalidade para impor seu funcionamento frente a um adversário que fechava linhas. Temos que seguir melhorando em todos os aspectos, porque esse é nosso desafio também", disse.

Leia Mais: Fortaleza anuncia contratação do atacante chileno Ángelo Henríquez