PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
Noticia

Felipe vê Fortaleza em evolução com Vojvoda e projeta Clássico-Rei equilibrado

Volante do Leão elogia trabalho do treinador argentino, destaca nova postura tática e prega respeito ao Ceará antes de duelo pela Copa do Brasil

20:11 | 08/06/2021
Volante Felipe elogia trabalho do técnico Juan Pablo Vojvoda no Fortaleza (Foto: Aurelio Alves)
Volante Felipe elogia trabalho do técnico Juan Pablo Vojvoda no Fortaleza (Foto: Aurelio Alves)

Titular e peça-chave do Fortaleza nas últimas temporadas, o volante Felipe recuperou espaço na equipe após ficar ausente no início da temporada, aponta a evolução da equipe a partir da chegada do técnico Juan Pablo Vojvoda e prevê equilíbrio no Clássico-Rei da terceira fase da Copa do Brasil, na próxima quinta-feira, 10.

O meio-campista de 27 anos sofreu lesão na reta final da temporada 2020 e entrou em processo de recuperação. Após ser liberado pelo departamento médico, fez trabalho de fortalecimento muscular para minimizar o risco de novas contusões e acabou tendo poucas oportunidades com Enderson Moreira. Depois da troca no comando, voltou a figurar entre os titulares.

"Na chegada do professor deu aquela melhorada. A gente está agora mais juntos, mais fechados e trabalhando cada vez mais forte para estar bem focado", disse. "A cada dia, a gente está se adaptando ao trabalho e à formação dele. A cada jogo e cada treino, a gente vai aprimorando cada vez mais", comentou o camisa 15.

LEIA MAIS

+ Clássico-Rei decisivo pela Copa do Brasil será o 11º sem torcida; veja números dos dez anteriores
+ Clássico-Rei da Copa do Brasil terá narração feminina pela primeira vez
+ Wellington Paulista é o maior artilheiro do Clássico-Rei dos elencos atuais de Ceará e Fortaleza
+ Clássico-Rei não tem virada no placar desde 2016

Sob comando de Vojvoda, Felipe formou dupla com Éderson em algumas oportunidades e entrou na disputa por posição com Matheus Jussa. O volante de Maranguape soma 13 partidas disputadas em 2021 e negocia renovação de contrato por mais duas temporadas com o Tricolor. O trabalho do comandante argentino é elogiado, sobretudo na parte tática.

"A diferença hoje é que a gente vem cumprindo a intensidade que ele vem pedindo nos treinos, está muito compacto, fechando as linhas de espaço dos adversários. Então, todo time que vem jogar contra a gente tem essa dificuldade de entrar nas linhas", explicou.

Na liderança do Campeonato Brasileiro, o Leão se prepara para encarar o arquirrival Ceará, na quinta, 10, às 21h30min, na Arena Castelão, pelo confronto de volta da Copa do Brasil. Depois do empate em 1 a 1 na ida, Felipe acredita que os detalhes serão decisivos para definir o classificado.

"Por ser clássico, vai ser um jogo bastante difícil e decidido em detalhes, com certeza. Vamos trabalhar forte para entrar bem em campo na quinta-feira", garantiu. "A gente vai ter que rodar muito a bola. O rival fecha muito as linhas de passe da gente, então vai ter que trabalhar essa bola para furar os espaços e ir atrás do gol", alertou.